sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Ligações gratuitas através do WhatsApp já devem começar em 2015


Foi anunciado nesta quinta-feira (30) durante uma conferência na Califórnia pelo diretor executivo do WhatsApp, Jan Koum, que as chamas de voz por meio do aplicativo só devem começar a serem realizadas em 2015. Inicialmente, o plano era lançar a nova função até o final deste ano.

De acordo com Jan o principal motivo para o adiamento do serviço, comprado pelo Facebook em fevereiro deste ano, seria as dificuldades técnicas. A equipe ainda está buscando uma maneira segura para oferecer ligações através da internet que funcione bem principalmente nos países onde a conexão de dados é precária. Além de que, em alguns modelos, o WhatsApp não tem acesso ao microfone de cancelamento de ruídos, o que acaba prejudicando a qualidade da chamada.

O diretor executivo garantiu ainda que o aplicativo não deverá competir diretamente com o Facebook Messenger, já que ele se baseia pelos contatos da rede social. O planejamento do grupo é conquistar mais de 400 milhões de usuários para chegar ao total de 1 bilhão nos próximos anos.

Polícia Militar prende quatro homens armados e com colete balístico em Extremoz


Quatro homens, fortemente armados, foram presos na tarde desta sexta-feira, 31, na cidade de Extremoz, região metropolitana de Natal.

De acordo com o Capitão Couceiro, comandante do Pelotão, foi por volta das 15h a guarnição do 11º Batalhão abordou quatro homens que estavam transitando em um veículo tipo Corsa classic de cor branca, na entrada da cidade. Durante a abordagem, foi encontrado com eles dois revólveres calibre 38 municiados, um colete balístico e uma pistola .40 de uso restrito da Polícia Militar.

Os ocupantes, disseram que estariam indo assaltar uma construtora e depois iria executar um desafeto. Os quatro homens, de maior de idade, estão nesse momento na Delegacia Distrital de Polícia Civil da cidade para serem autuados.

Banco suíço UBS orienta clientes a não investirem no Brasil


O pessimismo toma conta das análises internacionais sobre o segundo governo Dilma Rousseff. Nesta semana, o banco suíço UBS enviou aos seus clientes um relatório com o título “Things will get worse” (As coisas vão piorar). O relatório, ressalte-se, foi produzido em Genebra e não pela turma do banco em São Paulo.

O relatório não recomenda investimentos no Brasil. Afirma que, mesmo com novos integrantes, a equipe econômica de Dilma não terá condições de colocar o Brasil no rumo certo.

Ainda bem, para o banco, que a opinião foi dada pós-eleição. Em julho, o Santander demitiu, depois de muita pressão, uma funcionária que escreveu um relatório para clientes relacionando a subida de Dilma nas pesquisas de intenção de voto à piora da economia brasileira.

Para comprar a reeleição, Dilma afunda o Tesouro na pior dívida dos últimos 20 anos.


O governo Dilma Rousseff gastou além de sua arrecadação pelo quinto mês consecutivo, e o Tesouro Nacional agora acumula até setembro um deficit inédito em duas décadas. No mês passado, as despesas com pessoal, programas sociais, investimentos e custeio superaram as receitas em R$ 20,4 bilhões, o maior valor em vermelho já contabilizado em um mês. Com isso, o resultado do ano passou de um saldo fraco para um rombo de R$ 15,7 bilhões. 

Em outras palavras, o governo federal teve, de janeiro a setembro, deficit primário, ou seja, precisou se endividar para fazer os pagamentos rotineiros e as obras de infraestrutura. Nas estatísticas do Tesouro, é a primeira vez que isso acontece por um período tão longo desde o Plano Real, lançado em 1994 -os dados anteriores são distorcidos pela hiperinflação e não permitem comparações apropriadas. 

A deterioração das contas federais começou em 2012, quando o governo acelerou seus gastos na tentativa de estimular a economia, e o descompasso entre receitas e despesas se agravou neste ano eleitoral. As primeiras, prejudicadas pela debilidade da indústria e do comércio, tiveram expansão de 6,4% até o mês passado; as segundas, de 13,2%. 

A escalada dos gastos neste ano é puxada pelos programas sociais -especialmente em educação, saúde e amparo ao trabalhador- e pelos investimentos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). O desequilíbrio fiscal produziu um círculo vicioso na economia, ao elevar a dívida pública, alimentar o consumo e dificultar o controle dos preços. Com credores mais temerosos e inflação elevada, o Banco Central precisa manter juros altos, comprometendo ainda mais o crescimento da economia e a arrecadação. 

Passadas as eleições, o mercado aguarda o anúncio de medidas para conter despesas e elevar receitas. As alternativas à disposição do governo, porém, não são animadoras. Cerca de três quartos do Orçamento são ocupados por pagamentos obrigatórios, como salários, repasses ao Sistema Único de Saúde, benefícios previdenciários e assistenciais. Por isso, as vítimas preferenciais dos ajustes são as obras públicas, das quais o país precisa para enfrentar as deficiências da infraestrutura. 

Um aumento de impostos elevaria ainda mais a carga tributária do país, a mais alta do mundo emergente ao lado da argentina -e criaria um desgaste político adicional para uma presidente que acabou de passar por uma reeleição apertada.

Estudante caicoense foi excluído de projeto da UFRN por votar em Aécio


O estudante do curso de História, Fernando Carlos Bento, procurou a imprensa para denunciar perseguição política contra ele no campus da UFRN em Caicó. “Faço parte de um programa de iniciação à docência há dois anos e meio, mas numa reunião os coordenadores disseram que eu não poderia expor minha posição política porque o projeto é ligado ao governo federal”, disse o estudante.
Fernando confirmou que costuma fazer postagens criticando falhas na saúde e na educação, mas ficou dois meses sob a observação dos professores. “Chegou a política e publiquei que eu votava em Aécio Neves. Os coordenadores disseram que eu estava desligado”, continuou ele que teme outros prejuízos na sua vida acadêmica. “Eu tinha um artigo que que apresentei para ser apresentado, mas nenhum [dos professores] olhou”, concluiu.

Perícia em urna pode mudar resultado de eleições


Uma urna eletrônica defeituosa pode alterar o resultado das eleições em Santa Catarina. O Tribunal Regional do estado (TRE-SC) determinou a perícia do equipamento, que no primeiro turno foi utilizado no município de Içara.
A análise foi solicitada pela Coligação Muda Santa Catarina (PSDB/PEN). Se os 287 votos puderem ser recuperados, existe a possibilidade de Adilor Guglielmi ser eleito deputado estadual no lugar de Vicente Augusto Caropreso, ambos do PSDB. Içara é a cidade natal de Guglielmi, que perdeu por apenas 38 votos de Caropreso.


PREFEITURA DE CEARÁ-MIRIM PREPARA CEMITÉRIOS PARA O DIA DE FINADOS


O Dia de Finados está se aproximando, e a Prefeitura de Ceará-Mirim, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, está finalizando os preparativos dos cemitérios municipais para receber os visitantes neste 2 de novembro, domingo.
Neste dia, os espaços serão abertos a partir das 7h com fechamento previsto para às 18h.
Para facilitar o acesso do público durante o horário de funcionamento, equipes da Guarda Municipal, atuarão nas áreas mais próximas dos cemitérios na zona urbana, juntamente com a Polícia Militar.
Além disso, funcionários treinados estarão disponíveis nas unidades para orientar as pessoas. Para este ano, são esperadas cerca de 20 mil pessoas nas unidades das zonas rural e urbana de Ceará-Mirim, familiares que prestarão homenagens aos seus entes queridos.
"Nesses últimos dias, nós intensificamos a manutenção em todos os cemitérios municipais para receber os visitantes neste domingo dia 2 com toda segurança e conforto", explica o secretário de serviços urbanos, Lindonor Torres.

Claro, Vivo e Oi fecham acordo para comprar TIM


As operadoras Claro e Vivo fecharam acordo com o banco BTG Pactual para, junto com a Oi, comprar a TIM Brasil, a segunda maior empresa do mercado brasileira, e reparti-la em três. O valor não está fechado, mas pode chegar a R$ 31,5 bilhões, o maior negócio no setor no país. São cerca de R$ 30 bilhões, mais um prêmio de 5% pago aos acionistas, incluindo minoritários.
A Folha de ão Paulo apurou que será feita uma oferta aberta aos acionistas da Telecom Italia, dona da TIM Brasil, que decidirão em assembleia. Os principais acionistas, como a francesa Vivendi, tendem a aceitar. Ainda não está definido o que acontece com os clientes. A entrega da proposta está condicionada à venda, por parte da Oi, da Portugal Telecom (PT) em Portugal, um negócio que deve ser fechado na próxima semana. Segundo apurou a reportagem, cinco são os interessados. Entre eles estão duas operadoras – a francesa Altice é uma delas – e três fundos de investimento.



Robinson Faria não poderá reclamar de Rosalba


O governador eleito Robinson Faria (PSD) não pode olhar para o retrovisor. Vai encontrar um Estado com uma situação enxuta deixada pela sua aliada Rosalba Ciarlini (DEM).
O Rio Grande do Norte ocupa o segundo do Brasil lugar como o menos endividado.
Diferentemente de outros Estados.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA POLIOMIELITE E SARAMPO COMEÇA EM NOVEMBRO


O Ministério da Saúde, juntamente com as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, realiza no período de 8 a 28 de novembro, a Campanha contra a Poliomielite e Sarampo.
A vacinação é gratuita e ocorrerá inclusive nos sábados, 8 e 22 de novembro, em todas as Unidades Básicas de Saúde-UBS's.
Este é o 35º ano de Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o 25º ano sem a doença no país, estando livre do poliovírus desde 1990.
Todas as ações devem ser mantidas até que aconteça a erradicação mundial da doença.
No Estado de São Paulo, o último caso ocorreu no ano de 1989, no município de Teodoro Sampaio. A estratégia é vacinar todas as crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias em todas as localidades.
A campanha de seguimento contra o Sarampo tem como objetivo manter elevadas e homogêneas coberturas vacinais, visando garantir a manutenção do estado de eliminação do Sarampo, Caxumba e Rubéola no país.
Todas as crianças entre 1 a 4 anos, 11 meses e 29 dias de idade devem receber a vacina tríplice viral, independente do número de doses recebidas anteriormente.
Neste ano, até o dia 4 de outubro, o Brasil apresentou 514 casos confirmados de Sarampo, sendo 486 no Ceará, distribuidos em 21 dos 184 municípios do Estado. Aproximadamente 25% ocorreram em menores de um ano de idade e, 47% em pessoas entre 10 e 29 anos. O surto da doença teve início em dezembro de 2013.
EM CEARÁ-MIRIM
Para garantir o cumprimento das campanhas, a Prefeitura de Ceará-Mirim, através da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenadoria Municipal de Imunização, já capacitou uma equipe composta por mais de 85 profissionais da rede municipal de saúde, para realizar a campanha.
"Todos os profissionais envolvidos na campanha, já receberam orientações reforçadas sobre as idades preconizadas, situação epidemiológica das doenças, estratégias de vacinação e precauções. Desta forma, o nosso município realizará uma campanha de qualidade, que irá atingir o público-alvo", afirmou o prefeito Antônio Peixoto.
De acordo com Rozana Maria Souza Machado, Coordenadora Municipal de Imunização, a meta de cobertura vacinal a ser alcanaça pelo município é de 5.214 crianças, nas faixas etárias supra-citadas.

Em Ceará-mirim, Robinson agradece votos e reafirma compromissos pela região




O governador eleito para a próxima gestão no Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD) comemorou o resultado nas urnas de 19.294 votos e maioria de 4.127. Ao lado do presidente do PSD local e ex-candidato a prefeito Júlio César, do ex-prefeito de Cruzeta e liderança local, José Sally, vereadores e lideranças da cidade Robinson reafirmou compromissos para a região.

“Nosso governo vai estar ao lado dos cearamirienses no apoio ao desenvolvimento social e econômico da região. Muito obrigado pela bonita vitória Ceará-Mirim”, destacou o governador eleito.

Robinson conversou com a população durante toda a comemoração que percorreu as ruas da cidade e uniu uma multidão na Igreja Matriz na noite desta quarta-feira (29).

Veja aponta Henrique é apontado como substituto de Garibaldi na Previdência


Sem função parlamentar em 2015, depois da derrota nas eleições para governador do Rio Grande do Norte, Henrique Eduardo Alves vem sendo sondado pelo governo para assumir a pasta da Previdência, que é comandada pelo seu tio, Garibaldi Alves. A aliados, o atual presidente da Câmara disse que, por ora, não aceitará o cargo. Voltará para Natal para cuidar dos negócios da família e militar pelo partido.
Dar a Previdência a Henrique Alves é a estratégia do governo para acalmar os ânimos do peemedebista depois da derrota que sofreu em seu estado natal. Alves ficou irado depois que o ex-presidente Lula apareceu apoiando seu adversário Robinson Faria (PSD-RN).


GOVERNADORA ROSALBA PAGA NESTA SEXTA(31) A FUNCIONÁRIOS QUE RECEBEM ATÉ R$ 2.000,00


As secretarias estaduais Planejamento e das Finanças (Seplan) e da Administração e dos Recursos Humanos (Searh) informam que o calendário de pagamento dos salários dos servidores estaduais relativo ao mês de outubro será da seguinte forma: feira (31), ao meio dia, será creditado o pagamento de todos os servidores da Segurança, Saúde e Educação (inclusive UERN), bem como todos os servidores do DETRAN, IDEMA, DEI, JUCERN e IPEM, independentemente do valor do salário, que representam um total de 60.055 servidores.
Também na sexta-feira vão receber os servidores ativos e inativos das demais áreas que ganham até R$ 2 mil líquidos – que somam 33.409 servidores. No dia 10 de novembro, segunda-feira, ao meio dia, serão creditados os salários dos servidores ativos e inativos que recebem acima de R$ 2 mil líquidos – 9.377 servidores, que representam 9% do total. 93.464 servidores receberão o pagamento dentro do mês, o que equivale a 91% da folha do Estado.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

VIDEO: Sarney votou em Aécio


Um vídeo feito no segundo turno das eleições mostra o senador e ex-presidente da república José Sarney (PMDB-AP), aliado da presidente reeleita Dilma Rousseff, votando no candidato opositor, o tucano Aécio Neves.

A cassação de Rosalba por Agripino foi fatal para Henrique


Avaliações pós campanha chegam a conclusão que a derrota de Henrique Alves e João Maia é atribuída a um conjunto de fatores. Porém, há um ponto que pouco tem sido comentado: A cassação de Rosalba Ciarlini.

DESGASTE

Caso Rosalba tivesse sido candidata à reeleição, Henrique teria sido eleito governador. A justificativa para quem pensa dessa forma é que a rejeição altíssima derrotou Henrique; mas o desgaste da Rosa deixaria o marido de Laurita em melhores condições.

DECISÃO

Henrique quis vencer à sua maneira e até escolheu o adversário. Com Rosalba no páreo, Robson poderia ter ficado em terceiro lugar e a disputa no segundo turno seria entre o gêmeo de Ana Catarina e a mulher de Carlos Augusto. Mesmo com uma rejeição beirando os 50%, ainda seria mais leve que 90% de reprovação administrativa. Ou seja: Erraram o alvo.

ADVERSÁRIO

Henrique usou José Agripino para cassar Rosalba. O pai de Felipe sujou as mãos com a sujeira da traição a uma aliada fiel para agradar a um aliado momentâneo e conveniente, que o fez pedir votos para Wilma, a quem adjetiva com palavras impublicáveis. O que eles imaginavam ser visto somente nos gabinetes, já ganhava as ruas e a ojeriza do eleitorado ao acordão só aumentava.

RESPONSÁVEL

A derrota é órfã e ninguém pode ser responsabilizado sozinho pelo insucesso eleitoral de uma candidatura. Mas esse ponto da traição a Rosalba pode ter sido fundamental para a derrota de Henrique, já que a polarização aconteceria entre o candidato do PMDB e a governadora, com chances reais do marido de Laurita ser considerado ‘menos ruim’ do que a Rosa.

Por Túlio Lemos