OFERTAS

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Vereador Marcos Farias leva Prefeito Marconi Barretto para observar a obra da Igreja Nª Sª das Vitórias no bairro Planalto


O parlamentar Marcos Farias-PHS juntamente com moradores do bairro Planalto convidaram a pedido do edil a presença do Chefe do Poder Executivo Municipal Marconi Barreto para que o mesmo pudesse observar a obra de construção da Igreja de Nossa Senhora das Vitórias que será realizada no referido bairro, bem como a doação e legalização do terreno para ser construída a igreja.

Prefeito Marconi Barretto saiu satisfeito do encontro pela organização da equipe que está à frente da construção da igreja e os moradores também ficaram felizes pela atitude do vereador Marcos Farias em levar o prefeito municipal para ver o andamento da obra.

“Estamos felizes por este momento e pelo empenho, presteza e dedicação do vereador Marcos Farias e comprometimento do prefeito Marconi Barretto em apoiar esta ação de construção e legalização do terreno”, relata um dos membros da equipe do movimento de construção da referida igreja.

O momento é de festejar, pois estamos vivendo um novo tempo, tempo este que todas as ações do meu mandato são em prol da população cearamirinense, enfatiza o vereador Marcos Farias após este encontro.

Marcos Farias
Vereador

UTILIDADE PÚBLICA: SERVIÇO DE MELHORIA NA REDE ELÉTRICA COM DESLIGAMENTO PROGRAMADO


A Cosern comunica que, para realizar serviços de melhoria na rede elétrica, será necessário interromper temporariamente o fornecimento na segunda-feira, 05, das 08h30 às 13h30, no Centro, Rua João Xavier Pereira Sobral e adjacências, no município de Ceará Mirim.

Caso os serviços sejam realizados antes do horário previsto, a rede será energizada sem aviso prévio.

Fique atento: a Cosern sempre avisa antecipadamente quando precisa realizar desligamento programado na rede elétrica.

·        Em caso de falta de energia, a Cosern orienta:

·        Enviar um SMS para 26560, informando apenas o número da sua conta contrato. Para facilitar, salve-a no bloco de notas do seu smartphone; ou

·        Telefonar para o 116.

Jovens militares do Rio temem ir a uma 'guerra em casa'


Eles foram criados nas comunidades que estão no centro do debate da intervenção – e podem ter vizinhos e conhecidos como ‘alvo’

O soldado A. viveu dias de apreensão às vésperas da operação conjunta das Forças Armadas e da polícia na Cidade de Deus, zona oeste do Rio, pouco antes do carnaval. Seu temor era ser convocado para atuar na própria comunidade onde nasceu, foi criado e ainda vive com a família. A., a mãe e a avó só se sentiram aliviados quando saiu a escala de serviço: o rapaz, militar há um ano, fora designado para atividades no quartel.

“Seria muito desconfortável. Tem gente que cresceu comigo e hoje está no tráfico. Não sei como ia reagir na hora H”, contou A., revelando um drama pelo qual vêm passando praças envolvidos na intervenção federal no Estado do Rio de Janeiro.

Jovens como A., oriundos de comunidades pobres, que ingressaram nas Forças Armadas em busca de emprego estável e ascensão social, temem ser vistos por traficantes no papel de inimigo. Isso poderia desencadear represália para si e para parentes. Para se resguardar, quando em missões nas favelas, eles usam máscaras que cobrem o rosto inteiro – apenas os olhos ficam de fora.

“Até hoje fui poupado, eles dão preferência a pessoas de fora. Mas se tiver de ir, não vai ter jeito. Vou fazer tudo para não ser reconhecido”, disse A.. “Eu não me envolvo com ninguém, mas tenho amigo do lado de lá. Todo mundo tem. Procuro nem passar perto. Acredito na intervenção e na construção de um Rio e um País melhor se as operações forem sérias. Só não adianta fazer operação e sair. Tem de ficar”, continuou. Segundo A., é comum que informações sobre as investidas militares cheguem antes aos ouvidos dos traficantes, por causa da convivência natural nas favelas. “Eu nunca informei, mas um vai comentando com o outro, e todo mundo acaba sabendo”, explicou o jovem.

O soldado não imaginava que o cerco à Cidade de Deus antecederia a intervenção, decretada pelo presidente Michel Temer (MDB) após o carnaval, com duração prevista até 31 de dezembro. A preocupação com a situação dos jovens que servem nas comunidades já existia desde que foi decretada a operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), há sete meses. Foi quando começaram ações conjuntas entre militares e policiais no combate à violência no Rio.

Auxílio-moradia. Em janeiro, ao defender a volta do auxílio-moradia para militares, extinto em 2000, o comandante da Marinha, almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, declarou que o benefício era fundamental porque as famílias do contingente empregado em áreas com tráfico “ficam vulneráveis e são ameaçadas”. O almirante também considerou que “o risco de contaminação da tropa pela proximidade com os traficantes) é grande”. A fala foi endossada pelo comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas.

Militares que participaram em 2017 de ações na Favela da Rocinha, zona sul, também temeram ser identificados. Ali, havia agravante: a comunidade era dominada por bandidos de uma quadrilha que se dividiu em duas facções diferentes – Amigo dos Amigos e Comando Vermelho – e entraram em confronto. A parcela do efetivo de moradores de lá ou de outras favelas sob o jugo de bandidos desses grupos se sentiu duplamente ameaçada. Alguns chegaram a usar máscaras com desenho de caveira, o que causou medo na população e reação nos superiores, que mandaram que fossem retiradas. “Incomoda demais (a máscara). Gera terror”, contou um morador da Kelson’s que testemunhou operações militares em sua comunidade no início da semana. Porém, diz, é compreensível que os soldados queiram se resguardar.

Uma representante comunitária da Cidade de Deus confirma que os jovens alistados no serviço militar vivem o dilema entre o dever e o risco que correm. “Os rapazes da comunidade que servem nas Forças ficam nessa tensão. Os moradores sabem quem se alistou, as mães comentam, as famílias comemoram. Com operações frequentes, muda de figura. Eles saem à paisana e trocam a roupa no quartel”, contou uma representante comunitária da Cidade de Deus.

Guerra. Liderança do Complexo do Chapadão, na zona norte, Gláucia dos Santos denunciou à Anistia Internacional o barril de pólvora que pode se tornar um confronto que divide jovens que foram criados juntos e têm armas de alto calibre nas mãos. “Estão tentando criar uma guerra nas favelas”, disse Gláucia, cujo filho de 17 anos foi morto pela polícia em 2013. “A maioria que vai para o Exército é favelada e há essa rivalidade com os que foram para o tráfico. Eles vão enfrentar o próprio povo: vão se matar.”

Fundador da ONG Rio de Paz, Antonio Carlos Costa foi um dos primeiros a chamar a atenção para a questão. “Os soldados são moradores das comunidades, e isso causa dois problemas: a possibilidade de informações sobre as operações vazarem e os jovens sofrerem retaliações, virar alvo, especialmente se houver muitas baixas. O interventor deve cuidar.”

O Comando Militar do Leste (CML) informou que já toma precauções para a segurança dos militares que moram em favelas e vai intensificá-las. Mas admitiu que nem sempre é possível alocar apenas jovens que não sejam das proximidades da área em que vão atuar. O uso de balaclavas (toucas ninjas que cobrem o rosto) é permitido. Mas o pano deve ser escuro e sem desenhos.

Estadão

Presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab lança Robinson candidato à reeleição


O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, ministro da Ciência, afirmou à Tribuna do Norte que o Rio Grande do Norte será um dos cinco estados onde o partido terá candidatura própria para governo.

A fala de Kassab lança, por óbvio, o governador Robinson Faria à reeleição.

“Robinson assumiu um Estado em uma condição muito difícil, em circunstâncias muito complicadas. Com o tempo, ele está organizando o Estado, o governo, correspondendo à expectativa da população. Desafios imensos ainda tem pela frente. Mas tem mostrado capacidade e determinação”, disse Kassab.

O Potiguar

Prefeitura de Natal lança edital para concurso na área de saúde na segunda-feira (26)


A Prefeitura Municipal do Natal publica, na próxima segunda-feira (26/2), o edital para a realização de concurso público ofertando 1.647 vagas para a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), sendo 761 de nível médio e 886 de nível superior. A empresa contratada pela Prefeitura do Natal, para a realização do certame é a COMPERVE – Núcleo Permanente de Concursos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN.

Os cargos foram criados e as vagas ampliadas pela Lei Complementar nº 169, de 06 de novembro de 2017, publicada no Diário Oficial do Município – DOM do dia 08/11/2017. As vagas ofertadas pela Secretaria de Saúde do Município surgiram em decorrência de vacâncias, encerramentos de contratos com cooperativas e de contratos temporários.

ASSOCIAÇÃO DE MOTORISTAS AUTÔNOMOS POR APLICATIVOS DO RN


No final de 2017 os Senadores escutaram as vozes de motoristas e usuários de aplicativos de mobilidade urbana e alteraram a Lei do Retrocesso, que inviabilizaria a atuação destas plataformas no Brasil. 

Agora é a vez dos deputados federais. Na próxima terça-feira (27), o PL5587/2016 entrará na pauta de votação da Câmara Federal. Depende deles a confirmação das alterações propostas pelo Senado, que vão garantir uma fonte de renda para meio milhão de motoristas e o direito de escolha de 20 milhões de brasileiros, usuários das plataformas.

Veja os pontos que precisam ficar de fora do projeto votado na Câmara:

- Os senadores derrubaram a obrigação do uso de carros com placas vermelhas. Se essa exigência voltar, pode retirar a oportunidade de trabalho de centenas de milhares de motoristas.

- A exigência de emplacar o veículo na cidade em que o motorista trabalha também caiu no Senado e se voltar pode criar “muros” e prejudicar a mobilidade nas cidades.

- O Senado eliminou a regra que impõe o uso de carro próprio para os motoristas de aplicativo, o que impossibilitaria centenas de motoristas que trabalham com veículo de parentes e conhecidos de gerar renda para suas famílias.

- A criação de uma licença aos motoristas pode acabar com milhares de oportunidades de trabalho, pois caberá aos municípios decidir quantas permissões, quando, e para quem serão disponibilizadas. Esse aspecto o Senado também derrubou.

Diante desse novo cenário, motoristas de todo o país farão mobilizações simultâneas em todos os estados da federação, na manhã desta segunda-feira (26).

Em Natal, a AMAPP-RN, Associação de Motoristas Autônomos por Aplicativos do RN, vai reunir os motoristas no Centro de Convenções, de onde sairão em uma grande carreata pelas principais ruas de Natal, finalizando no Midway Mall.

A expectativa é que grande parte dos 6 mil motoristas cadastrados nas plataformas que atuam no RN, participem desta mobilização que promete ser a maior da categoria na história dos aplicativos no estado.

Evandro Henrique
Presidente da AMAPP-RN

sábado, 24 de fevereiro de 2018

5 motivos que podem fazer você ser banido do WhatsApp


O Whatsapp possui um sistema de segurança avançado que pode banir temporariamente quem não utilizar o aplicativo de mensagens de forma adequada.

Quem acha que o WhatsApp é brincadeira e que pode sair por aí usando e abusando sem se preocupar com as consequências, é melhor ficar ligado: o aplicativo de mensagens mais usado do Brasil possui um sistema de segurança avançado, capaz de bloquear automaticamente quem não seguir as regras.

Confira algumas atitudes e comportamentos que podem fazer você ser banido:

1. Grupos em excesso


Criar muitos grupos com pessoa que não estão na sua lista de contatos não é uma boa ideia. Se você é fã de grupos no WhatsApp, é melhor pedir para que as pessoas adicionem você nos contatos primeiro, para depois sair criando os grupos. Essa regra do WhatsApp é para evitar os famosos grupos de spam, onde várias pessoas são adicionadas em massa para compartilhamento de promoção e divulgação de serviços.

2. Bloqueios frequentes


Se você for bloqueado por diversas pessoas em um curto período de tempo, é melhor ficar atento: o WhatsApp entende algo está errado, ou melhor, que VOCÊ pode estar fazendo algo desagradável, que tem irritado outros usuários.

3. Conversar com estranhos


Se você tem o hábito de chamar no WhatsApp pessoas que não têm você na lista de contatos delas, tome cuidado. Isso pode fazer com que o WhatsApp entenda que você está sendo inconveniente e invadindo a privacidade. O ideal é que você peça para as pessoas adicionarem o seu número de contato na lista delas para então começar a conversar via WhatsApp.

4. Replicar mensagens para muitas pessoas e grupos


Essa é comum de acontecer, principalmente se você participa de diversos grupos. Quando uma mesma mensagem é replicada diversas vezes para diversos grupos ou pessoas, o WhatsApp entende que você está enviando spam, que são mensagens indesejadas e fora de contexto. Se você precisar dar o mesmo recado para diversas pessoas, crie uma “Lista de Transmissão”. Além de ser mais fácil, o WhatsApp entende que esta atitude é momentânea e não algo frequente.

5. Desrespeitar os termos de uso e serviço


Assim como todas as redes sociais, o WhatsApp tem termos de uso e serviços que orientam a utilização adequada do aplicativo. O não cumprimento das regras pode gerar consequências mais sérias que o simples bloqueio do serviço. É muito comum aceitarmos esses termos sem ler, mas é importante prestar atenção para saber o que é proibido ou não dentro do app, isso pode ser muito útil caso você receba mensagens indesejadas com frequência ou queira utilizar o WhatsApp  para trabalho, por exemplo.

Vale lembrar que as questões acima dizem respeito ao bloqueio temporário, ou seja, uma punição “leve” que serve como aviso para quem estiver ultrapassando alguns limites. Mas existem motivos que podem fazer você pode ser banido definitivamente. Veja quais são:

– Envio de propaganda ou Spam;
– Usar um sistema para disparar mensagens automaticamente;
– Usar dados de outra pessoa sem autorização;
– Envio de mensagens que violem as regras do aplicativo;
– Ser um infrator repetitivo.

Fonte: Positivo




Prefeitura e Sindicato da Educação travam queda de braço em Ceará-Mirim


CEARÁ-MIRIM
JORNADA DE TRABALHO DIFERENCIADA
GOVERNO MARCONI BARRETO E SINDICATO DA EDUCAÇÃO TRAVAM NOVA QUEDA DE BRAÇO EM CEARÁ-MIRIM

O município de Ceará-Mirim volta a viver o clima de tensão entre o Sindicato dos Trabalhadores em Educação-SINTE e a Prefeitura Municipal.

Isso porque, o prefeito Marconi Barreto-PHS, enviou à Câmara Municipal, um Projeto de Lei para apreciação e aprovação da Casa Legislativa que estabelece jornada de trabalho diferenciada para servidores da educação, implementando o regime de seis horas para os servidores da zona urbana e oito horas para os trabalhadores da zona rural, sendo que os da zona rural passariam a perceber uma gratificação de R$ 312,00 mês.

A queda de braço está estabelecida porque, de acordo com representantes do SINTE/RN Regional de Ceará-Mirim, existia um acordo pré-estabelecido entre a categoria e o governo, pelo qual, os servidores da zona rural trabalhariam a jornada de oito horas nos meses de novembro e dezembro de 2017, e que, em janeiro de 2018, passaria a ser seis horas tanto para a zona urbana quanto para a zona rural.

No entanto, os servidores foram surpreendidos com o envio do Projeto à Câmara com a jornada diferenciada, o que, para a categoria, o prefeito Marconi Barreto estaria descumprindo o acordo firmado com a categoria.

Na última quarta-feira 21/02, sindicato e educadores lotaram a galeria e o plenário da Câmara Municipal, quando se reuniram com vereadores e o procurador-geral do município, Flávio Moura Nunes de Vasconcelos, em mais uma rodada de negociações, na tentativa de encontrarem uma solução para o impasse que já se arrasta há mais de um ano.

O SINTE/RN defende a jornada de seis horas, tendo sido inclusive, decidida em assembleia da categoria.

Por outro lado, o procurador Flávio Vasconcelos, disse que só enviou o projeto à Câmara por entender que a categoria estivesse ciente do teor do documento.

“Eu achava que a categoria já tinha conhecimento dessa situação. Por isso, enviei o Projeto de Lei acreditando que não teríamos problemas, Eu me comprometo a retirar o projeto e voltarmos às discussões”, frisou.

O procurador se prontificou a enviar à Casa Legislativa o projeto de lei para aprovação do pagamento do acordo para gratificação que teria sido feito com os servidores nos meses de novembro e dezembro.

O presidente do parlamento municipal, vereador Ronaldo Marques Rodrigues-PV, que participou da reunião, disse que não se pode nem de deve perder o foco dessa discussão.

“Temos que discutir o que haveremos de fazer. Nós já nos comprometemos que, o projeto do pagamento chegando a esta Casa, votaremos e aprovaremos sem nenhum problema”, disse Ronaldo.

O presidente também declarou ser favorável à jornada das seis horas.

“Se nós não partirmos para consolidar as seis horas, não iremos a lugar nenhum. É natural que se abra uma ampla discussão nesse sentido. O resto a gente vai superando. Sou a favor das seis horas”, complementou o presidente Ronaldo.

A vereadora Ângela Aquino-PTC, também presente à reunião com os servidores da educação, ela, que já foi secretária de educação do município, disse que reside em Ceará-Mirim a mais de 33 anos, e tem conhecimento de que a educação sempre trabalhou com a jornada de seis horas, e sempre deu certo.

“Eu entendo que o município não pode ter duas cargas horárias, ou segue uma ou segue outra”, disse.

Ângela também afirmou ser favorável à luta dos servidores da educação de Ceará-Mirim.

Se as partes não chegarem a um acordo, a educação provavelmente deverá parar as atividades, o que irá, pelo segundo ano consecutivo prejudicar o ano letivo, levando a conta do prejuízo aos alunos da rede municipal de ensino.

A informação que se tem até o fechamento desta matéria, é que, por não ter obtido êxito junto à secretaria municipal de educação para sair do impasse a da queda de braço, o procurador do município, Flávio Vasconcelos, saiu da mesa de negociações, que passam a ser feitas agora, diretamente com o prefeito Marconi Barreto e com a secretária de educação, Cleoneide Silveira,

Além de Ronaldo e Ângela, também participaram da reunião os vereadores Luciano Morais, Jácio Praxedes, Carlos Ramalho e Jumária Mota.

Jorge Moreira
Câmara Municipal de Ceará-Mirim
Assessoria de Comunicação Social

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Conheça a lista dos 5 maiores salários da TV


Quem aí não gostaria de receber um bom salário por mês? Pois é, é isso que o apresentador Rodrigo Faro terá nos próximos anos. Após a renovação de contrato com a Record, depois de muita negociação, o salário fixo dele saiu dos R$ 600 mil para os R$ 700 mil.

O jornalista Daniel Castro ainda informa que o ganho de Faro será de quase R$ 30 milhões por ano. É que o apresentador receberá entre R$ 2 milhões e R$ 3 milhões mensalmente. Rodrigo já é o maior salário da Record há um bom tempo. O comandante do Hora do Faro agora figura na lista dos mais bem pagos da TV.

Aliás, Rodrigo é o único nome fora da Globo que disputa lugar entre os cinco primeiros na lista dos maiores salários da TV. Pela ordem, os que mais faturam são: Fausto Silva, Galvão Bueno, Ana Maria Braga, Luciano Huck e Fátima Bernardes.

Justiça Eleitoral se reúne em Cuiabá para discutir fake news nas eleições 2018

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte participará nos dias 1º e 2 de março do Fórum Nacional da Propaganda Eleitoral na Internet, em Cuiabá, capital do Mato Grosso, onde juízes da propaganda de praticamente todos os estados e servidores das áreas de comunicação e de tecnologia da informação dos TREs se encontrarão.

O evento contará com a participação de executivos do Google, Facebook e Twitter, além de especialistas da Polícia Federal em investigações cibernéticas.  Trata-se de uma reunião de trabalho de interesse nacional, para discutir os desafios da Justiça Eleitoral no que se refere ao uso de fake news, junk news, big data e robôs, nas mídias sociais, com fins eleitorais.

Organizado pelo Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel), com o apoio do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso e da Escola Judiciária Eleitoral, o Fórum Nacional trará a Mato Grosso especialistas de renome nacional.

Entre outros profissionais de reconhecimento nacional estarão em Cuiabá o professor de Direito Eleitoral da Universidade Mackenzie (SP) e Coordenador da MackEleições, Diogo Rais; o engenheiro da computação Leandro Castro; o editor do caderno Poder da Folha de São Paulo, Fábio Zanini; o advogado e cientista social Daniel Falcão; e os executivos Rebeca Garcia (Facebook), André Zanatta (Google) e Regina Lima (Twitter).

"As fake news e o uso de robôs para disparar milhares de mensagens de cunho inverídico aos eleitores foram amplamente utilizados nas eleições de outros países, trazendo grandes prejuízos ao processo democrático e ao equilíbrio do pleito eleitoral. No Brasil, a Justiça Eleitoral está se antecipando, visto que há a possibilidade de os candidatos daqui utilizarem estas estratégias. Estamos nos preparando para esse enorme desafio. O Tribunal Superior Eleitoral já tem um Conselho Consultivo trabalhando nessa área e o Colégio de Presidentes tem o objetivo de trazer uma contribuição nesse sentido, reunindo todos os juízes da propaganda do país para juntos, absorver o máximo de informações sobre esses temas", disse o presidente do Colégio de Presidentes dos TREs, desembargador Márcio Vidal.

Ele esclareceu que, por se tratar de uma reunião de trabalho, o evento será voltado apenas aos integrantes da Justiça Eleitoral, promotores eleitorais e colaboradores como a Polícia Federal. "Será uma reunião de trabalho, onde vamos discutir e buscar solução para os desafios da Justiça Eleitoral na seara da propaganda eleitoral nas mídias sociais. Por isso será um evento fechado. Mas ao longo deste ano faremos outros eventos abertos aos advogados eleitoralistas e estudantes de Direito", disse o desembargador Márcio Vidal, presidente do TRE-MT e do Colégio de Presidentes dos tribunais eleitorais.

Um dos painéis do primeiro dia do Fórum Nacional vai discutir, com executivos do Google, Facebook e Twitter, formas de conferir efetividade, na velocidade exigida, às decisões liminares. O segundo dia será destinado às oficinas de trabalho, com três grupos distintos de juízes da propaganda, que serão assessorados por técnicos nas áreas de Direito Eleitoral e Tecnologia da Informação. Destas oficinas sairão enunciados, que poderão servir de norte aos juízes da propaganda de todo o país.

A programação está inserida no site do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel). Clique aqui para acessar o site do Coptrel.


EQUIPE ASCOM TRE RN 

Inverno assegurado para o RN


Os meteorologistas do Nordeste afirmam , agora com mais segurança, que o inverno deste ano está assegurado.

E mais, que os índices pluviométricos serão cerca de 25% a mais que a média de precipitação nordestina, algo em torno de 600 mm.

É um fato a ser comemorado por todos.

Receita exigirá mais informações do contribuinte na declaração de 2019


A Receita Federal vai exigir mais informações sobre os bens dos contribuintes no próximo ano. Além disso, será preciso informar o CPF de dependentes de qualquer idade. Em novembro do ano passado, a Receita publicou uma instrução normativa, que trata do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

Por essa norma, os contribuintes que desejarem incluir seus dependentes na declaração do Imposto de Renda de 2018 deverão fazer a inscrição do CPF caso tenham a partir de 8 anos. Até então, a obrigatoriedade valia somente para dependentes com 12 anos ou mais. A partir de 2019, a obrigação é para qualquer idade.

No caso dos bens, neste ano serão incluídos campos para as informações complementares, mas o preenchimento não será obrigatório. No próximo ano, será obrigatório prestar essas informações. O supervisor nacional do Imposto de Renda, auditor-fiscal Joaquim Adir, orienta os contribuintes a preencherem todos os campos na declaração a ser enviada neste ano para facilitar a importação de dados em 2019.

João Câmara tem novo local para a biometria Revisional


Por problemas de infra-estrutura na Central do Cidadão, a revisão biométrica na cidade de João Câmara acontecerá, à partir de segunda-feira (26), na Câmara Municipal que fica na Rua José Severiano da Câmara, nº 27 – Centro. O atendimento será das 8 da manhã às 13h30, na segunda-feira; das 8 horas da manhã às 16 horas, de terça à sexta-feira; e no sábado, o atendimento será das 8 da manhã às 14 horas. A revisão biométrica em João Câmara acontecerá até o dia 27 de março de 2018.

EQUIPE ASCOM TRE RN 

INSS continua pagamento de R$ 576,8 milhões fortalecendo a economia do RN

O INSS iniciou, dia 22 o pagamento dos beneficiários da Previdência Social que prossegue até o dia 7 de março. O pagamento corresponde ao mês de fevereiro e estão sendo pagos R$ 576,8 milhões a 579.779 aposentados e pensionistas no Rio Grande do Norte. Destes, 305.258 são benefícios urbanos o que corresponde a R$ 348 milhões; os outros 274.521 benefícios são rurais e equivalem a R$ 228 milhões.

A Previdência Social tem sido o motor da economia na maioria dos 167 municípios do Rio Grande do Norte. É o maior programa de redistribuição de renda existente no país. A Previdência Social reduz as desigualdades sociais, corrige as injustiças ao garantir a cidadania, impulsiona as economias locais e evita o êxodo rural. É, enfim, a verdadeira âncora social do Brasil.

Nos dez dias de pagamento aos beneficiários da Previdência Social, o comércio nas cidades do interior sente os reflexos. As vendas ficam concentradas entre esses dias. O “dinheiro dos aposentados”, como é conhecido, sustenta a economia da maioria dos municípios do Estado.

Para o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Norte (FCDL), Afrânio Amorim, “a injeção desses R$ 576 milhões do pagamento dos aposentados e pensionistas do INSS do RN representa um novo fôlego para o setor do comércio do nosso Estado, uma vez que, parte desse valor, deve ser utilizado para compras e até mesmo para quitar dívidas, permitindo a renovação do crédito e consequentemente o retorno do consumo”.

Afrânio Amorim reconhece que “o pagamento dos aposentados e pensionistas do nosso Estado faz a economia girar. Os comerciante vem sentido mês a mês o peso que é o atraso no pagamento dos servidores municipais e estaduais”.

Na maioria das cidades do interior não há muitas oportunidades de trabalho, por isso as famílias dos beneficiários da Previdência Social acabam dependendo do dinheiro pago pelo INSS. É comum o cartão magnético para sacar o pagamento, servir como “passaporte” para adquirir gêneros alimentícios e até mesmo compras a prazo.

Segundo o IBGE, para cada beneficiário, em média, há 2,5 pessoas beneficiadas indiretamente. Assim, os benefícios pagos pela Previdência Social atingem, direta e indiretamente, 108,5 milhões de pessoas, ou seja, mais de 50% da população brasileira.

Tabela de Pagamento da Previdência Social
ATÉ UM SALÁRIO MÍNIMO
Final
Data
22/fev
1
23/fev
2
26fev
3
27/fev
4
28/fev
5
01/mar
6
02/mar
7
05/mar
8
06/mar
9
07/mar
0
Os segurados que ganham acima do salário mínimo, irão receber seus pagamentos nas seguintes datas:
ACIMA DO SALÁRIO MÍNIMO
1/mar
1 e 6
02/mar
2 e 7
05/mar
3 e 8
06/mar
4 e 9
07/mar
5 e 0
Os beneficiários podem consultar os extratos de seus pagamentos nos terminais de auto-atendimento dos bancos pagadores e no site da Previdência Social www.previdencia.gov.br. Basta clicar na Agência Eletrônica Segurado e fazer a consulta. As informações que aparecem são as do mês corrente.

Celular conectado a carregador explode e causa susto em Currais Novos


Um aparelho celular simplesmente explodiu nesta quarta-feira (21) na cidade de Currais Novos, no seridó Potiguar, no momento do incidente o aparelho era carregado e por pouco não causou um incêndio na residência.

Segundo informações, o aparelho estava sendo carregado na cabeceira da cama quando começou a provocar chamas e explodiu. havia moradores na casa que conseguiram apagar o fogo que por pouco não atingiu a cama do casal.

Apesar de não ser muito comum, esse tipo de incidente acaba ocorrendo principalmente em dias de chuva e serve de alerta para que as pessoas evitem dormir com o celular ao lado da cama, conectado ao carregador, ou embaixo do travesseiro.

Geraldo procura espaço e Ezequiel estuda mudanças de planos


O ex-governador Geraldo Melo após anunciar a saída do PMDB fez uma séria de rodadas de conversas com lideranças políticas de vários matizes. Não impôs nenhuma candidatura de sua parte a qualquer cargo eleitoral, mas deixou claro que se acha em condições de disputar uma vaga no Senado. Geraldo continua conversando e até agora nenhum cenário concreto lhe apareceu.

Já o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira, tende a levar o seu PSDB para uma composição com o PDT, PMDB e DEM. Ezequiel defende uma chapão proporcional, tanto para federal como estadual. Há algum tempo atrás o deputado chegou a defender que o PSDB tivesse chapa majoritária própria, mas conduziu o partido noutra vertente.

Roubo de veículos no RN atingiu índices alarmantes


O roubo de veículos no Rio Grande do Norte atingiu índices alarmantes. Em 2017 foi um veículo roubado por hora, um aumento de 13,3% em relação a 2016. A Secretaria de Segurança não informou o índice de recuperação desses veículos. A maioria dos roubos foi na Grande Natal.

Vereadora Ângela Aquino cobra revitalização de Lagoas de Captação


CEARÁ-MIRIM
ATIVIDADE PARLAMENTAR
REVITALIZAÇÃO DE LAGOAS DE CAPTAÇÃO VOLTA A SER TEMA DE DISCUSSÃO NA CÂMARA DE CEARÁ-MIRIM

A revitalização e segurança de lagoas de captação voltam a ser tema de discussão na Câmara Municipal de Ceará-Mirim.

Durante a sessão ordinária na tarde desta quarta-feira 21/02, a vereadora Ângela Aquino-PTC, apresentou Indicação nº 26/2018, na qual solicita da Prefeitura de Ceará-Mirim, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Urbanismo e Obras, a construção de muretas de proteção nas lagoas de captação existentes nos bairros Planalto e Nova Descoberta.

As lagoas foram construídas para evitar que as águas das chuvas invadam as casas nos referidos bairros, como acontecia em outras épocas.

No entanto, de acordo com a parlamentar, como essas lagoas estão desprotegidas de muretas, existe o grande risco de ocorrer acidentes com a população, principalmente casos de afogamento, uma vez que, as precipitações pluviométricas têm sido intensas nos últimos dias no município de Ceará-Mirim, o que contribui para o aumento do volume de água das referidas lagoas.

“Com a construção das muretas e consequente revitalização dessas lagoas, estaremos evitando possíveis acidentes, principalmente com crianças que por ventura venham a se aproximar dos locais, exatamente nesse período chuvoso”, justifica a vereadora Ângela Aquino, acrescentando que, essa proteção irá proporcionar maior segurança para a população e estrutura adequada para as próprias lagoas de captação.

Jorge Moreira
Câmara Municipal de Ceará-Mirim
Assessoria de Comunicação Social

Detran descentraliza serviço de abertura de processo de Habilitação


O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) deu mais um importante passo no sentido de descentralizar os serviços oferecidos pelo Órgão e promover maior comodidade aos usuários. Dessa vez, a ação resulta no credenciamento dos Centro de Formação de Condutores (CFCs) do Estado, as conhecidas autoescolas, para que o cidadão possa abrir processos referentes a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) diretamente nessas unidades.

O diretor-geral do Detran, Eduardo Machado, explicou que as 94 autoescolas habilitadas pelo Detran em todo Rio Grande do Norte já se encontram aptas a realizar os procedimentos de abertura de processos de primeira habilitação e renovação de CNH, como também os de adicionar e mudar a categoria da CNH. “Uma das principais metas do Governo do Estado é proporcionar um serviço público de qualidade gerando comodidade ao cidadão. E com essa medida, o Detran avança no sentido da descentralização dando ao usuário mais opções para atender a sua demanda”, comentou.

O procedimento para abertura dos processos citados é simples. Basta o cidadão se dirigir a um das autoescolas espalhadas pelo Estado, apresentar um documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência e informar o tipo de serviço que deseja realizar. Em seguida, as informações são inseridas no banco de dados e impresso uma guia de identificação gerada pelo sistema de Registro Nacional de Carteira da Habilitação (Renach).

De posse da guia do Renach e da documentação pessoal, o usuário busca uma unidade do Detran para finalizar o procedimento e receber sua CNH atualizada. “Ao chegar no Detran o cidadão já pula a etapa de abertura de processo fazendo com que a conclusão do serviço seja mais ágil e consequentemente diminua filas e o tempo de espera”, relatou o subcoordenador de Habilitação do Órgão, Aryan Gleydson.

De acordo com o setor de Estatística do Detran, no ano de 2017 foram realizados 208.279 atendimentos referentes a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Desse total, 70% foram requisições feitas por condutores do sexo masculino e 30% do feminino. O município com maior número de procedimentos foi Natal (114.425), seguido de Mossoró (30.435) e Parnamirim (15.431).

Assessoria de Comunicação Detran/RN

Operação Manus: MPF questiona quantidade de testemunhas apontadas por Eduardo Cunha

Defesa do ex-presidente da Câmara pede ao STJ que 51 pessoas sejam ouvidas pela Justiça Federal no Rio Grande do Norte; para MPF, trata-se de estratégia para protelar o andamento do processo

O Ministério Público Federal (MPF) posicionou-se contra o pedido do deputado federal cassado Eduardo Cunha, que recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para que 51 testemunhas apontadas por sua defesa sejam ouvidas pela Justiça Federal no Rio Grande do Norte. O ex-presidente da Câmara dos Deputados responde a processo naquele estado pela suposta prática dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, relacionados à construção da Arena das Dunas, em Natal (RN), e apurados em meio à chamada “Operação Manus”, deflagrada em junho de 2017.

Diante do grande número de testemunhas elencadas por Eduardo Cunha, o juiz responsável pelo caso acatou o pedido do MPF no Rio Grande do Norte para que a defesa justificasse a indicação de cada uma delas. Assim, determinou que fosse apontada a ligação dessas pessoas com o fato a respeito do qual pudessem prestar algum esclarecimento.

Insatisfeita, a defesa de Eduardo Cunha apelou ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), no Recife, por meio de habeas corpus, alegando que os critérios estabelecidos para intimação das testemunhas violaria o direito do acusado à ampla defesa. O pedido foi negado, por unanimidade, pela Primeira Turma do TRF5, e os advogados do deputado recorreram ao STJ.

Em sua manifestação, o MPF ressalta que em casos como este, quando há grande quantidade de acusados e testemunhas apontadas por eles, cabe ao juiz afastar aquelas que nada tenham a contribuir com a apuração dos fatos, para garantir a celeridade do processo. É, portanto, uma obrigação do juiz assegurar o direito à defesa, mas indeferir medidas meramente protelatórias ou desnecessárias, como a oitiva de testemunhas que não sejam relevantes para a causa.

Além disso, o MPF argumenta que o habeas corpus não é o instrumento adequado para a reclamação feita pela defesa do deputado, pois destina-se a reparar ato ilegal que restrinja o direito de locomoção, e não é esse o caso.

N.º do processo: 0810668-25.2017.4.05.0000 (PJe)