domingo, 29 de maio de 2016

Júlio César é reconhecido por funcionários como "O melhor diretor que o DETRAN já teve!"

Em solenidade marcada pela emoção e com auditório lotado, Júlio César se despediu e recebeu o reconhecimento de funcionários do DETRAN por sua gestão transparente e comprometida com o órgão e com as pessoas.


Era uma tarde de quarta-feira, 25 de maio, quando os funcionários do Departamento de Trânsito do Rio Grande do Norte - DETRAN/RN, despediram-se emocionados daquele que foi definido por muitos como "O melhor diretor que o DETRAN já teve".

Elogiado e abraçado por todos, Júlio César se despediu do órgão com a certeza do dever cumprido e com o reconhecimento absoluto de uma gestão comprometida com a transparência e com o zelo pela coisa pública, além, é claro, da valorização das pessoas.


“O melhor Diretor que o Detran já teve chama-se Dr. Júlio César. Quando ele entrou aqui a situação era caótica. Mas em 2 meses ele transformou o DETRAN por 20 anos. A gente fica triste porque ele vai embora, mas quem vai ganhar com isso é Ceará-Mirim.” Comentou Papel Gomes, funcionário de carreira com 34 anos de serviços.






Carlos Alberto de Souza, que é motorista do gabinete e tem 25 anos de serviços no DETRAN destacou a atenção de Júlio César com os funcionários do órgão: “O Dr. Júlio César foi o único diretor que passou por aqui e se preocupou com os funcionários. Ele foi um divisor de águas. Existia um DETRAN antes e hoje existe um DETRAN muito melhor”.






“Júlio César é um ótimo administrador e mudou o DETRAN da água para o vinho. Júlio foi um diretor que sempre deixou portas do gabinete abertas para ouvir os funcionários. A gente lamenta a saída dele daqui. Vai ser uma perda muito grande pra gente. Eu desejo que ele tenha muito sucesso na sua caminhada, mas ele deixará saudades em todos os funcionários do DETRAN. Aqui ele fez muitos amigos.” Destacou João Maria Pimenta, funcionário do DETRAN há 33 anos.



A gestão eficiente e as homenagens recebidas repercutiram nos vários veículos de comunicação do estado. Ao Portal Agora RN, Júlio César declarou: “Estamos recebendo muitas homenagens desde quarta e por isso entendemos que cumprimos nossa missão. Quando chegamos, tínhamos duas metas principais, que eram melhorar o atendimento e promover a valorização dos servidores. Conseguimos avanços em ambas”, declarou Júlio César para depois detalhar:


“Valorizamos os setores, fizemos várias ações que fortaleceram e motivaram os funcionários. Agora existem pagamentos de promoções para todos. Já no lado do usuário, conseguimos descentralizar o órgão. Hoje temos unidade na Zona Norte, abrimos um Detran regional em Ceará-Mirim, sem contar no aplicativo que oferece todos os serviços pelo celular, como marcação de provas, consulta de veículos, etc. Todos os serviços agora podem ser acessados virtualmente através deste novo mecanismo”.




No final da solenidade, um vídeo com homenagens dos funcionários ao hoje ex-diretor, Júlio César, registrou toda a gratidão por sua gestão comprometida e diferenciada das anteriores.

Sem sombra de dúvidas duas coisas ficaram bastante claras:

Júlio César imprimiu a sua marca de competência no DETRAN e vai deixar saudades em toda a equipe liderada por ele durante os últimos 9 meses.

Veja o vídeo com a homenagem dos funcionários do DETRAN:


Motoqueiro invade pista, bate na viatura da polícia e morre


Um acidente tipo colisão envolvendo uma motocicleta e uma viatura da polícia ocorreu na tarde deste sábado na RN 117 na região do Alto Oeste Potiguar. Um agricultor identificado como José Luís Neto, de 35 anos de idade morreu ao ser socorrido para o hospital em Pau dos Ferros.

Segundo informações da polícia, a viatura policial estava seguindo até a comunidade de Caiçara na zona rural do município de Paraná para uma patrulha de rotina, quando o agricultor invadiu a contramão em sua motocicleta e bateu na lateral da viatura. Com o impacto, José  Luís foi arremessado a pista e sofreu graves ferimentos, não resistindo veio a óbito.

Um policial informou que a vítima estava supostamente embriagada. . “Antes do acidente, o pessoal da comunidade disse que viu ele fazendo zigue-zague na pista, como se estivesse sem equilíbrio”, informou.

Capitão Styvenson diz que delegados de Polícia Civil são preguiçosos


O polêmico xerife da Lei Seca, capitão PM Styvenson Valentim, gosta muito dos holofotes, de demonstrar sua hombridade de agente público e impor seu modo de trabalho de maneira unilateral.
Dessa vez ele se meteu numa confusão de proporções bem mais graves. Circula pelas redes sociais um áudio onde o oficial estaria comentando uma ocorrência de trânsito. E durante a gravação ele faz duras críticas à Polícia Civil. “Policial civil ganha muito bem para não fazer nada. Delegado ganha 23 mil para não fazer nada. Preguiça!”, dispara Styvenson.

Confira no áudio abaixo:




Se não for o capitão é alguém que o imita com perfeição na voz. O fato é que essa gravação causou reações contrárias de delegados da Polícia Civil, que prometem tomar as medidas oportunas ao caso.

Ônibus da banda Cavaleiros do Forró é alvo de assalto em Pernambuco


Um ônibus que transportava cerca de 20 integrantes da Banda Cavaleiros do Forró foi assaltado na madrugada deste sábado (28), por volta das 2h, em Escada, na Mata Sul de Pernambuco. Segundo testemunhas, quatro homens armados fecharam o ônibus nas proximidades de um posto de gasolina do município. Durante a ação, chegaram a atirar no parabrisa do veículo.
Segundo o G1 PE, O motorista então parou o ônibus e foi rendido. Em seguida, todos foram levados a um canavial na zona rural do município, onde os criminosos roubaram celulares, equipamentos musicais e objetos pessoais dos integrantes da banda. Apesar do susto, ninguém ficou ferido. Após a fuga dos criminosos, o ônibus se dirigiu até a delegacia do município, onde as vítimas registraram um boletim de ocorrência.
A banda havia saído de Natal, no Rio Grande do Norte, com destino a Nilo Peçanha, na Bahia, onde se apresenta nesta sexta-feira (28). Na próxima terça-feira (31), o grupo segue para Araci, também na Bahia, onde fará nova apresentação.
O proprietário e empresário da banda, Alex Padang, lamentou o episódio. “Em 14 anos de banda, fomos assaltado três vezes – duas delas em Pernambuco. Por conta desses assaltos, a gente evita andar com dinheiro. A banda não anda com dinheiro, mesmo assim temos prejuízos por conta dessa violência. É lamentável. É o nosso trabalho e não temos outra forma de viajar e fazer os nossos shows”, ponderou..

sábado, 28 de maio de 2016

Ex-diretor do Detran assume disputar prefeitura de Ceará-Mirim


Para Júlio César, atual gestão de Antônio Peixoto é 'desastrosa' e município 'clama por mudanças'

Recém-desligado do cargo de diretor do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN), Júlio César deverá ser candidato à Prefeitura de Ceará-Mirim pelo Partido Social Democrático (PSD). Em entrevista ao Portal Agora RN, Júlio admitiu estar conversando com seus aliados para definir a sua candidatura no município.

“Estamos em contato. Ainda não está 100% definido, mas meu nome aparece como mais bem cotado dentro do nosso grupo e a população apoia. É provável que realmente eu seja candidato sim nestas eleições”, declarou o advogado.

Para Júlio, a atual gestão de Ceará-Mirim, comandada por Antônio Peixoto (PR), tem deixado muito a desejar e por isso a população aguarda por mudanças em 2017. “Infelizmente a gestão tem deixado a desejar em todas as áreas. Ceará-Mirim já foi uma das principais economias do estado, mas perdeu na geração de emprego e renda. É uma gestão desastrosa. A população clama por uma mudança e ela vai acontecer no próximo ano se tudo der certo”, concluiu.

Conheça toda a história de “Escrava Mãe”, nova novela da Record


Algumas histórias são tão marcantes que atravessam gerações. É o caso de A Escrava Isaura, obra de Bernardo Guimarães. A trajetória da escrava de pele clara que vivera perseguida pelo obcecado senhor Leôncio ganhou o mundo pelas páginas e telas, tornando- se uma das mais conhecidas tramas brasileiras. Mas toda história tem um começo. E nada disso aconteceria sem os personagens e enredos de Escrava Mãe, novela de Gustavo Reiz, livremente inspirada no clássico literário.

A história inicia-se em 1789, na região de Angola, principal mercado abastecedor de es cravos para as plantações de cana-de-açúcar do Brasil. É de lá que são trazidos os africanos Kamau (Marcelo Batista) e Luena (Nayara Justino), a bordo de um navio negreiro. Ao chegarem em solo brasileiro, os dois conseguem fugir e recomeçam suas vidas em liberdade, mas sempre assombrados pelo terror da escravidão.

Quando uma nova vida se anuncia, Luena frustra-se ao notar a pele mais clara da filha: aquela criança era fruto da violência que sofrera durante a travessia do oceano. E os mesmos homens que invadiram a tribo na África, comandados pelo vilão Osório (Jayme Periard), retornam para buscar a “mercadoria” que haviam perdido. Luena morre ao dar à luz, mas consegue entregar o bebê ao menino Sapião (Sidney Santiago), que foge desesperadamente enquanto Kamau é aprisionado, prometendo um dia voltar para buscar aquela criança, a quem considerava sua filha. Sapião é acolhido numa grande fazenda açucareira, a Engenho do Sol, e a menina, que ganha o nome de Juliana , será criada com Teresa (Roberta Gualda) e Maria Isabel (Thais Fersoza), filhas do coronel Custódio (Antônio Petrin) e dona Beatrice Avelar (Bete Coelho). Se aquele momento já representava uma mudança brusca na vida de Juliana (Gabriela Moreyra), sua história seria ainda mais repleta de reviravoltas e emoções.


Ao completar 18 anos, Juliana conhece a verdade sobre seu passado, revelado por Tia Joaquina (Zezé Motta). Grande amiga da sinhá Teresa, de quem sempre fora mucama, Juliana fica completamente perdida ao saber que era fruto de uma violência. Jura a si mesma que jamais deixaria um homem branco tocá-la. E é num momento de desespero que ela conhece o jovem português Miguel (Pedro Carvalho), um viajante em busca de trabalho na Vila de São Salvador.

No tão marcante ano de 1808, quando a corte portuguesa se transfere para o solo brasileiro, a Vila de São Salvador vivia um momento próspero, sendo bastante beneficiada pelo ótimo desempenho da cultura da cana-de-açúcar. Além de aumentar o poder dos senhores de engenho, isso também atraía bastante gente para a região, em busca de melhores condições de vida. Mas a verdade era que Miguel buscava respostas para um grande mistério que envolvia a morte de seus pais.

O rapaz será o grande amor da vida de Juliana, mas também despertará o interesse de Maria Isabel, a filha do coronel Custódio, que nunca se conformara com o tratamento diferenciado que a escrava recebia. Contando com a fiel e sarcástica mucama Esméria (Lidy Lisboa), Maria Isabel não medirá esforços para prejudicar Juliana, jamais aceitando ser afrontada por uma escrava.

Como se não bastasse a perseguição da sinhá, Juliana também enfrentará um obstáculo muito poderoso, o Comendador Almeida (Fernando Pavão). Ao casar com Teresa por um arranjo que tiraria sua família da ruína financeira, Almeida se torna o novo senhor da Engenho do Sol e reacende uma rivalidade histórica com a família do coronel Quintiliano Gomes (Luiz Guilherme), dono da fazenda Doces Campos. Guilherme (Roger Gobeth), filho deste poderoso senhor, correspondia-se às escondidas com Teresa, que também o amava, apesar da inimizade entre seus pais. O casamento de Teresa e Almeida marcará o reinício de uma guerra entre as famílias mais poderosas da região e uma fase terrível na vida de Juliana, pois seu novo senhor ficará completamente obcecado por ela.

Juntos, Juliana e Miguel viverão uma intensa e movimentada história de amor, enfrentando inimigos poderosos e obstáculos aparentemente intransponíveis, como o preconceito de uma época que vive à sombra da escravidão.

Além de uma trama central forte e emocionante, Escrava Mãe conta com outras histórias de amor, aventura, suspense e comédia. A pensão Jardineira, taverna liderada por Rosalinda (Luiza Tomé), é o ponto de encontro dos homens do lugar. Por conta disso, um assunto recorrente na Vila é a histórica rivalidade entre Rosalinda e dona Urraca de Almeida (Jussara Freire), mãe do comendador Almeida. D. Urraca sempre se nomeara a defensora da tradição e dos bons costumes, criticando abertamente o comportamento da inimiga e suas florzinhas, Dália (Manuela Duarte), Petúnia (Robertha Portella) e Violeta (Débora Gomes), que vivem com ela na taverna.

A guerra entre as duas geralmente é aplacada pelo capitão Loreto (Junno Andrade), chefe da guarda e responsável por manter a ordem na colônia. Num período em que a circulação de informações e novas ideias poderiam representar uma ameaça à Coroa, quem também se torna um problema para o capitão é o professor Átila (Léo Rosa). Determinado a criar um jornal na Vila e espalhar suas ideias abolicionistas, o escritor desperta o interesse de muitos jovens, como a sinhazinha Filipa (Milena Toscano), filha do coronel Quintiliano Gomes. Não satisfeita com a realidade das mulheres da época, ela está à frente de seu tempo e não se conforma com o tratamento dado aos escravos. Lutará pela igualdade e tomará para si a missão de descobrir um mistério que rondava a morte de sua mãe.

Com um minucioso trabalho de pesquisa, a vida dos escravos na época colonial é retratada ressaltando a trajetória dos homens e mulheres que contribuíram para a construção de nosso país. A herança cultural, os sonhos, os medos, os anseios por liberdade, o ódio contra a dominação e os dois lados do processo de exploração são alguns dos temas abordados ao longo de toda a trama por meio de personagens como Juliana, Tia Joaquina, Esméria, Catarina (Adriana Lessa), Sapião, Tito Pardo (Nill Marcondes), entre outros.

Além de entreter e emocionar, Escrava Mãe é uma novela que traz à tona assuntos importantes sobre a construção do nosso povo, mostrando que relações bonitas e verdadeiras também podem surgir nos momentos mais turbulentos. E as histórias que atravessam o tempo, como o amor de Juliana e Miguel por sua filha Isaura, merecem ser contadas desde o início.


Júlio César avalia passagem pelo Detran: ‘Cumprimos a nossa missão’


Nos últimos dias, o advogado Júlio César Câmara anunciou a sua saída do cargo de diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN), ocupação que tinha desde agosto do ano passado. Em nove meses no cargo, Júlio disse ter conseguido cumprir suas missões dentro do departamento e as homenagens recebidas dos servidores comprovam o sucesso.

“Estamos recebendo muitas homenagens desde quarta e por isso entendemos que cumprimos nossa missão. Quando chegamos, tínhamos duas metas principais, que eram melhorar o atendimento e promover a valorização dos servidores. Conseguimos avanços em ambas”, declarou o advogado ao Portal Agora RN, para em seguida detalhar:

“Valorizamos os setores, fizemos várias ações que fortaleceram e motivaram os funcionários. Agora existem pagamentos de promoções para todos. Já no lado do usuário, conseguimos centralizar o órgão. Hoje temos unidade na Zona Norte, abrimos um Detran regional em Ceará-Mirim, sem contar no aplicativo que oferece todos os serviços pelo celular, como marcação de provas, consulta de veículos, etc. Todos os serviços agora podem ser acessados virtualmente através deste novo mecanismo”, completou.

Após a saída do Detran, Júlio César admitiu que vai se dedicar a carreira política. A situação ainda não está totalmente confirmada, mas o advogado, muito provavelmente, será candidato à prefeito no município de Ceará-Mirim.

Jovem vai à polícia e se diz autor de vídeo com adolescente no Rio


A Polícia Civil ouviu na noite desta sexta-feira (27) um jovem que diz ser responsável pela divulgação, na internet, das imagens da adolescente que denunciou ter sido vítima de estupro coletivo no Rio. Identificado como Raí de Souza, o rapaz, de 22 anos, não estava entre os suspeitos identificados até então pela polícia como envolvidos no caso.
“A versão dele aponta que ele filmou e que quando ele comenta que ‘trinta passaram aqui’ que estava fazendo referência a um funk”, disse o delegado Alessandro Thiers, titular da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), que investiga o caso.
Raí compareceu à Cidade da Polícia juntamente com Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, jogador de futebol que a adolescente disse à polícia ser seu namorado e com quem ela teria saído na noite anterior ao ocorrido. Segundo o delegado, Lucas negou namorar a garota e Raí foi quem assumiu ter tido relações sexuais com ela.
Raí, que chegou na delegacia acenando para fotógrafos e cinegrafistas, ironizando a “fama” do amigo Lucas, não quis falar com a imprensa. Seu advogado, Claúdio Lúcio, confirmou que ele admitiu ser autor das imagens, mas negou que tenha ocorrido estupro.
“Ele falou o quê, tá lá no depoimento dele, que ele realmente tinha filmado, que ele tava falando que ‘é dos 30’, tentando se vangloriar, mas que realmente não foi ele, que não houve estupro, houve um ato sim, permitido pela suposta vítima”, disse o advogado.
O advogado que representa Lucas, Eduardo Antunes, também negou que tenha ocorrido estupro. Questionado sobre a citação no vídeo divulgado com as imagens da vítima nua e desacordada de que 30 homens teriam praticado ato sexual com ela, ele também disse se tratar de uma menção a uma música conhecida na comunidade onde o caso ocorreu.
“A questão dos 30 foi que existe um rap conhecido na comunidade que exalta um dos personagens lá do local dizendo que ‘o fulano é o cara, engravidou mais de 30’. Foi isso que me foi passado, eu não conheço o teor da música”, disse Eduardo.
Além de Raí e Lucas, o delegado Alessandro Thiers ouviu nesta sexta-feira uma garota que disse ter se relacionado sexualmente com Lucas na mesma noite e no mesmo local onde a adolescente e Raí mantiveram relações sexuais. O imóvel, que segundo o delegado é denominado como “abatedouro” [lugar usado para sexo], localizado na comunidade do Morro do Barão, na Zona Oeste do Rio, foi periciado após operação policial na tarde desta sexta.


Política brasileira precisa da corrupção para funcionar, diz pesquisador


O Professor de ciência política da Universidade de Pittsburgh (EUA), o americano Barry Ames diz que o sistema político brasileiro não só favorece a corrupção, mas depende dela para seu funcionamento.
Segundo Ames, que pesquisa a evolução das instituições brasileiras desde a ditadura militar, não há possibilidade de que o governo consiga apoio majoritário do Congresso sem oferecer cargos e obras públicas para aliados, o que abre o caminho para desvios.
A solução, diz ele, passa por reduzir o número de partidos no Legislativo, diminuir os distritos eleitorais – para que os eleitores exerçam maior controle sobre os eleitos – e quebrar o oligopólio no setor de construção civil, que facilita conluios entre governo e empreiteiras.
Ele já havia feito parte do diagnóstico em Os entraves da democracia no Brasil (FGV, 2003). Ames afirma que, após o fim da ditadura, imaginava que a corrupção cairia mais no país. “É problemático que, embora seja mais arriscado roubar, as pessoas continuem a fazê-lo”.

Homens incendeiam trator e dois caminhões da prefeitura de Santa Cruz


Três veículos do patrimônio público de Santa Cruz foram incendiados na noite de ontem. O crime aconteceu dentro do Centro da Juventude João de Dula, prédio que funciona o Serviço de Convivência do município.

Foram incendiados um trator, um caminhão coletor de resíduos sólidos e um caminhão-pipa. De acordo com a Secretaria Municipal de Agricultura, os veículos estavam em perfeitas condições de funcionamento e o prejuízo da Prefeitura de Santa Cruz é de cerca de R$ 250 mil.

Policiais ouvidos pelo Blog afirmam que o incêndio dos veículos é criminoso e trabalham para descobrir quais são os autores de cometer este crime, que traz prejuízos à sociedade, já que os veículos são do patrimônio público e eram usados em benefício da população.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Dupla é flagrada roubados cabos de fibra ótica e acaba presa


Dois homens foram presos na madrugada desta sexta-feira (27) ao serem flagrados roubando cabos de fibra ótica na cidade de Vera Cruz. Wellington Junior Rodrigo Dos Anjos, 25 anos, e Tasso Luiz Dos Anjos de Oliveira, 27 anos, estavam com mais de 2mil metros de cabos quando foram detidos. Eles não souberam informar para quem ou por qual motiva estariam retirando os cabos e acabaram sendo conduzidos à Delegacia de Polícia Civil e ficaram à disposição da Justiça.ão da Justiça.

Condutores já podem baixar aplicativo do Detran para smartphones


Os usuários do Detran/RN passam agora a contar com uma nova ferramenta que vai facilitar o acesso aos serviços oferecidos pelo Órgão à população. Trata-se de um aplicativo lançado pelo Governo do Estado nessa quarta-feira (26), e desenvolvido pela equipe de tecnologia da informação do Detran. O aplicativo já pode ser baixado gratuitamente para os smartphones que utilizam sistema operacional Android ou IOS.

A ferramenta de comunicação possibilita que o usuário tenha acesso rápido às informações de veículos e de CNH. Nesse sentido é possível ter conhecimento de infrações de trânsito em aberto, licenciamento, IPVA, e agendamento de vistoria veicular. Também podem ser efetivadas as solicitações de segunda via de CNH, agendamento de prova para retirada de habilitação, além de identificar os serviços oferecidos e os endereços e contatos das unidades do Detran em todo o Rio Grande do Norte.

Para que os usuários consigam verificar as informações relacionadas a veículos automotores é preciso que ele disponha dos dados principais do transporte, como placa e Renavam. Já para consultas de CNH é preciso informa o CPF do cidadão interessado. Outro ponto fornecido pelo aplicativo é que a população pode baixar arquivos com cartilhas informativas de segurança de trânsito e outras informações que vão poder tirar algumas dúvidas do condutor. Os arquivos são disponibilizados no formato PDF.

De acordo com o diretor-geral do Detran, Júlio César Câmara, a nova ferramenta tem como meta levar mais comodidade ao usuário, como também diminuir as filas de atendimento ao público formadas nas unidades do Órgão espalhadas pelo Estado. “Quando assumimos a gestão em agosto do ano passado, estabelecemos como principais metas melhorar o atendimento e valorizar o servidor. Entendemos que para isso a solução seria descentralizar os serviços e é dessa maneira que estamos atuando”, explicou.

Uma nova função que deve ser inserida no aplicativo, e já vem sendo estudado pela equipe de tecnologia da informação do Detran, é a possibilidade do usuário baixar boletos de taxas e multas, e com isso efetuar os devidos pagamentos. “Nossa equipe está analisando o sistema para oferecer mais esta facilidade ao usuário”, concluiu o diretor.

Outras medidas voltadas para a modernização do Detran estão em curso e nos próximos meses devem começar a serem implantadas pelo Governo do Estado. Entre as ações estão o Auto de Infração Eletrônico, que faz com que as multas sejam registradas de imediato no sistema do Órgão, eliminado o talonário em papel; O monitoramento por câmeras das provas práticas de direção veicular, com arquivamento de imagem do veículo e voz dos ocupantes do mesmo; e a Vistoria Veicular Eletrônica, feita por sistema que diminui o tempo médio do serviço, que hoje é realizado manual e dura cerca de 20 minutos, passando para apenas 5 minutos.

Assessoria de Comunicação Detran/RN

Marido de Luana Piovani posta foto dela nua


O marido da atriz Luana Piovani, o Pedro Scooby, usou sua conta do Instagram para postar a foto de sua esposa, completamente nua, nesta última quinta-feira, 26 de maio.
“Que dia, que bumbum”, legendou ele, que, é claro, recebeu uma série de críticas. : “Totalmente desnecessário. Ela é bonita? SIM. Mas você só pode ter m**** na cabeça pra se expor dessa maneira”.
No entanto, houve também vários elogios. Essa foto mostrou que o Pedro tem toda sorte de ver todos os dias essa mulher assim linda até nua!! Lacrou”, “Tá de parabéns, por mais casais como vocês! A foto tá linda” e “Corpo é arte e é lindo! Maldade tá no olho das cabecinhas alienadas”.


Reforma nas eleições modifica prazo para envio dos nomes dos candidatos ao TSE


A Reforma 2015 modificou ainda o prazo para até 20 dias antes das eleições para que os Tribunais Regionais Eleitorais enviem ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a relação dos candidatos às eleições majoritárias e proporcionais, da qual constará obrigatoriamente a referência ao sexo e ao cargo a que concorrem.

Temer sanciona lei que altera meta fiscal de 2016


O presidente interino Michel Temer sancionou sem vetos o projeto de lei que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2016 para incluir a nova meta fiscal que prevê um déficit primário de até R$ 170,5 bilhões nas contas públicas. A Lei 13.291 está publicada na edição de hoje (27) do Diário Oficial da União.
O texto estabelece que “a elaboração e a aprovação do Projeto de Lei Orçamentária de 2016, bem como a execução da respectiva lei, deverão ser compatíveis com a obtenção da meta de déficit primário para o setor público consolidado não financeiro de R$ 163.942.000.000,00, sendo a meta de déficit primário dos orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União de R$ 170.496.000.000,00, e R$ 0,00 para o Programa de Dispêndios Globais”.

Dilma é eleita líder mais decepcionante do mundo


Uma pesquisa realizada entre os leitores da revista americana Fortune apontou a presidente Dilma Rousseff como a líder mais “decepcionante” do mundo. O levantamento online, aberto há uma semana, foi divulgado pela publicação nesta quinta-feira.
A presidente brasileira recebeu 374 mil votos, muito a frente do segundo colocado, o governador do Estado do Michigan, Rick Snyder, que recebeu 17 mil votos. Na lista, Dilma também ficou a frente de nomes como Joseph Blatter e Michel Platini, ambos envolvido nos escândalos envolvendo a Fifa, e de Martin Winterkorn, ex-presidente da Volkswagen.
Na avaliação da Fortune, a expectativa era que a presidente continuasse o trabalho do antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, mas, ao invés disso, ela “se tornou conhecida pela suposta má gestão das contas públicas e pela acusação de sua campanha saber de um os maiores esquemas de corrupção de todos os tempos”.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Homem é detido em barreira policial de Extremoz portando pistola de uso restrito


Policiais do Destacamento de Extremoz prenderam na manhã desta quarta-feira (25), durante uma barreira nas proximidades da lagoa do município, Zeus Marinho de Freitas. Em seu veículo, os policiais encontraram uma pistola calibre .40, de uso restrito das forças policiais, contendo 15 munições, sendo um deflagrada. Como a arma é de uso restrito, o crime não é afiançável.

Zeus Marinho de Freitas, que alega trabalhar como eletricista em São Gonçalo do Amarante, será autuado por porte ilegal de uso restrito. O procedimento ficou a cargo da Delegacia de Polícia Civil de Extremoz, onde foi constatado que o infrator já tinha passagem pela Polícia.

Projeto proíbe cobrança de juros abusivos por cartões de crédito


A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei Complementar (PLP) 278/16, do deputado Roberto de Lucena (PV-SP), que proíbe as operadoras de cartão de crédito a praticarem taxas de juros abusivas. A proposta limita em 12% ao ano os juros que ultrapassarem a média de mercado atual, que é de 12% ao mês.
Segundo Lucena, é preciso proteger os trabalhadores, principalmente aqueles que ficaram desempregados nos últimos tempos em razão da crise financeira do País. “Quero dar um basta na cobrança excessiva e desproporcional de juros pelas operadoras de cartão de crédito, que tem penalizado milhares de famílias, que não conseguem pagar suas dívidas no cartão devido aos juros aplicado”, afirma Lucena.

Coreia do Sul cria sorvete que cura ressaca


Esqueça o Engov, a Aspirina e o Epocler. Ou os hambúrgueres, refrigerantes e isotônicos. Uma loja de conveniência da Coreia do Sul criou um sorvete que combate a ressaca. Com sabor de uva, ele contém 0,7% de suco de uma fruta de uma árvore tradicional no país, que era usado como um remédio para amenizar as consequências da bebida no século 17.
A empresa explica que, como os remédios tradicionais para ressaca têm um sabor medicinal, o picolé gelada frutado “soaria como o céu enquanto as pessoas lamentam a noite anterior”. Segundo estatísticas oficiais, o mercado de bebida alcoólica gera cerca de 150 bilhões de won por ano, equivalentes a R$ 448,8 milhões.
De acordo com um relatório 2014 da Organização Mundial de Saúde, os sul-coreanos ingerem 12,3 litros de álcool por ano. Os Estados Unidos, por exemplo, bebem 9,2 litros.

Coordenadoria de Juventude do estado do Ceará assina portaria que permite o uso do nome social nas Carteiras estudantis no estado‏


Travestis e transexuais matriculados em instituições públicas e privadas de ensino conquistaram mais um direito essa semana. A coordenadoria de Juventude do Estado do Ceará, em parceria com a Coordenadoria de Políticas para LGBTs, assinaram a portaria que garante ao estudante jovem LGBT, o direito ao uso do nome social nas carteiras de identificação estudantil da Macrorregião.
 O (a) estudante que desejar emitir a Carteira de Identificação estudantil com o nome social, deverá apresentar além dos documentos exigidos, uma declaração ou registro funcional \ acadêmico expedido pela instituição de ensino a qual se encontra matriculado. Caso já tenha algum documento com o nome social, não será preciso apresentar a declaração citada. 
O uso do nome social nas carteiras estudantis, contribuirá para que as universidades federais brasileiras e escolas, que ainda não têm nenhuma resolução interna ou não sabe como tratar a respeito do nome social, possam encontrar nessa portaria mais um amparo legal e contribua assim para desconstrução das situações de constrangimento vivido por travesti e/ou transexual, independentemente de terem se submetido ou não à cirurgia de transgenitalização. 
O levantamento feito por grupos de garantia de direitos destas, mostra que o Brasil tem 21% resoluções internas a respeito do nome social, sem resoluções. Sete têm documentos em discussão, análise, elaboração ou tramitação; quatro seguem outras medidas como portarias do Ministério da Educação (MEC) e da Secretaria de Direitos Humanos, e duas não têm resoluções sobre o tema. O Ceará sai a frente ao contribuir para que travestis e \ ou transexual possam ter uma trajetória de vida digna saindo da margem da sociedade para sobreviver. Estamos falando de pessoas que por serem diferentes, não são aceitas na família ou escolas, pois durante muito tempo os mecanismos legais impedia sua presença, na sociedade em geral, e mais ainda no acesso ao emprego. Para o coordenador de Juventude do estado David Barros, " a adequação da imagem corporal ao gênero de identificação não é suficiente para que o indivíduo seja reconhecido como tal". A disparidade entre a imagem corporal representada pelo gênero de identificação e o nome que o indivíduo apresenta nos seus documentos causa sérios constrangimentos e embaraços aos sujeitos transgêneros. 
Nossa coordenadoria em parceria com a coordenadoria LGBT, ver no reconhecimento do nome social via as carteiras de estudantes a possibilidade de ascensão de vida destes frente à sociedade, respeitando a diversidade LGBT existente em nosso estado. Concluiu Barros