Anuncio

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

O Blog da uma parada no carnaval e volta com novas postagem na Quarta Feira de Cinzas


FELIZ CARNAVAL

Governo inicia folha de fevereiro nesta sexta-feira


O Governo do RN começou o pagamento da folha de fevereiro nesta sexta-feira (24), quando foram depositados os vencimentos dos 24.038 servidores ativos da Educação e da Administração Indireta que possui recursos próprios, uma soma equivalente a R$ 78,3 milhões.

O Governo segue acompanhando as receitas para anunciar o pagamento dos salários dos demais servidores o mais breve possível, a partir da disponibilidade de recursos.

Governo do RN decreta ponto facultativo até 13h da Quarta de Cinzas

O governo do Rio Grande do Norte decretou como ponto facultativo os dias 27 e 28 de fevereiro e ainda até às 13h do dia 1º de março. Nestes dias não haverá expediente nas repartições facultativo nos órgãos e entidades da administração pública do estado.

Conforme a publicação na edição desta sexta-feira (24) do Diário Oficial do Estado, o decreto não se aplica às unidades e serviços considerados essenciais, como segurança e saúde.
O expediente da administração pública no dia 1º de março, será a partir das 13h.

Carnaval 2017 com mais responsabilidade no Trânsito


Essa é a proposta do  Governo do Estado que promoverá, durante o carnaval, várias ações de segurança e prevenção de acidentes envolvendo várias secretarias. Por meio do Detran/RN as ações tiveram início  na terça-feira (21) e  terminarão no domingo (26).

O trabalho da Equipe de Educação e Fiscalização do órgão irá mesclar tanto a parte educativa como também a de fiscalização. Umas das ações já ocorridas foi blitz na entrada para as praias do Litoral Sul ( Pirangi, Búzios e Tabatinga) , blitz no litoral norte em direção a  praia de Genipabu, palestra sobre direção defensiva para os militares da aeronáutica, palestra com o tema lei seca para os motoristas do transporte coletivo e ações educativas nas faixas de pedestre da avenida Engenheiro Roberto Freire, um dos polos de carnaval.

A programação seguirá nessa linha com abordagem educativa e também de fiscalização em todo o Estado. Nesse período também se encerra a parceria entre Detran e o Instituto de Defesa do Meio Ambiente – IDEMA, nas blitz das rodovias. Os dois órgãos atuaram juntos em diversos momentos, realizando abordagem educativa aos condutores. “No período do carnaval há um considerável aumento de ocorrências no trânsito, o intuito de intensificar as ações vem justamente para prevenir e também coibir más condutas”, considerou a Coordenadora de Educação e Fiscalização do Detran , Cinthia Rallyne.

Além das ações nas ruas, o Detran também utiliza as redes sociais para passar mensagens educativas e orientar os condutores. Sempre com uma linguagem clara e descontraída, abordando temas de direção defensiva, educação nas vias, alertas e a perigosa combinação de álcool e direção.

 Assessoria de Comunicação Detran/RN

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Metade do Brasil rejeita Lula


Levantamento o instituto Paraná Pesquisas divulgado nesta quinta-feira, 23, revela que o ex-presidente Lula (PT) tem rejeição de 45,7% dos entrevistados entre os possíveis candidatos para Presidente do Brasil em 2018. O senador Aécio Neves (PSDB) aparece em seguida, com 25% e, logo atrás está o atual presidente da República, Michel Temer (PMDB), com 24,4% de rejeição.
Confira a lista completa:

Não sabe: 4,4%;

Nenhum: 6,5%;

Lula (PT): 45,7%;

Aécio Neves (PSDB-MG): 25%;

Michel Temer (PMDB): 24,4%;

Jair Bolsonaro (PSC-RJ): 17,9%;

Marina Silva (Rede): 12,3%;

Roberto Justus: 9,9%;

Governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP): 9,9%;

Ciro Gomes (PDT-CE): 9%; e

Ex-ministro do STF Joaquim Barbosa: 7,3%.

Foram entrevistadas pelo instituto Paraná Pesquisas 2.020 eleitores, com 16 anos ou mais, em 26 Estados e Distrito Federal e em 146 municípios entre os dias 12 e 15 de fevereiro de 2017.

Os entrevistados foram separados segundo sexo, faixa etária, escolaridade, nível econômico e posição geográfica. A pesquisa atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de 2,0% para os resultados gerais. A Paraná Pesquisas encontra-se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/ 16 e é filiada à Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa – ABEP desde 2003.

Casas Bahia é condenada em R$ 2 milhões por danos morais coletivos

O tratamento abusivo, com o uso de gritos, xingamentos, palavrões e ameaças, praticado por um dos seus gerentes, levou a 6ª Vara do Trabalho de Natal (RN) a condenar a Via Varejo S/A (Casas Bahia) a cessar e impedir essa prática, e a pagar uma indenização no valor de R$ 2 milhões por danos morais coletivos.

A decisão foi tomada no julgamento de ação civil pública do Ministério Público do Trabalho da 21ª Região (MPT-RN), proposta após investigação e comprovação da ocorrência dessa prática na loja de Parnamirim, na região metropolitana de Natal.

Os procuradores do trabalho tentaram firmar um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta com o objetivo de cessar esse tipo de procedimento, mas a empresa não aceitou a proposta de acordo.

Em seu depoimento, uma vendedora relatou que o gerente promovia uma verdadeira “tortura” pelo cumprimento das “metas de vendas e serviços” e que eram exigidos, por exemplo, “venda de garantia estendida, de seguro contra roubo, seguro pessoal denominado Vida Protegida Premiada”.

Outro empregado revelou o uso corriqueiro, por parte do gerente, de xingamentos, com termos impublicáveis, e de assédio explícito contra as empregadas mulheres. Segundo as testemunhas, muitos empregados chegavam a chorar.

Para arbitrar o valor da indenização, o juiz Dilner Nogueira Santos considerou “a gravidade, a natureza e a repercussão das condutas ilícitas denunciadas; a grandeza econômico-financeira da empresa, e o grau de reprovabilidade social das mencionadas práticas”.

Ele determinou ainda que o valor da indenização seja revertido em prol “da coletividade, por meio de entidade pública ou privada, sem fins lucrativos, com atuação na área da saúde, educação, assistência social, profissionalização ou fiscalização”.

Além da condenação das Casas Bahia ao pagamento de indenização por danos morais, a Vara do Trabalho estabeleceu multa, no valor de R$ 50 mil por empregado, em caso de reincidência. Cabe recurso à decisão.

Processo nº RT 0000628-05.2016.5.21.0006

Domingo de carnaval terá eclipsi do sol no Brasil


Além de desfiles, blocos de rua e festas, o domingo de carnaval deste ano será marcado por mais um evento: o 1º eclipse solar anular do ano. O fenômeno, raro devido à sua estreita faixa de observação, poderá ser visto em boa parte do Brasil e deve durar pouco mais de uma hora.

A passagem da lua na frente do sol acontecerá a partir das 10h45 e deve terminar às 12h30. No Brasil, quem mora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste terá melhor visualização do evento. Isso também vale para quem estiver no sul da Argentina e do Chile, bem como na região centro-sul da África.

No Nordeste, os estados mais próximos do Sudeste, como a Bahia, poderão também acompanhar o evento.

O eclipse não será total, ele será anular. Isso acontece porque o disco da lua não estará com tamanho o suficiente para encobrir todo o sol. Por conta disso, veremos uma espécie de “anel de fogo” em volta do nosso satélite natural.


Queda excessiva do dólar prejudica a geração de emprego no Brasil


A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulga nota técnica alertando o governo sobre os efeitos da valorização do Real na competitividade das empresas e no emprego

A indústria brasileira acompanha com muita preocupação a atual trajetória de valorização da taxa de câmbio. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulga nesta quinta-feira (23) nota oficial alertando para que o governo adote mecanismos que evitem a volatilidade excessiva e valorização permanente da moeda brasileira. "É possível atuar para evitar flutuações excessivas na taxa de câmbio originadas do mercado doméstico e mundial e, principalmente, coordenar as políticas domésticas para minimizar os efeitos indesejados sobre a taxa de câmbio", diz o documento.

Somente nos dois primeiros meses de 2017, houve uma queda adicional de 7,2% no preço do dólar, totalizando 23% desde janeiro do ano passado. Ao tornar os bens importados mais baratos, a valorização excessiva do Real pode causar danos irreparáveis nas estratégias das empresas e no investimento, impactando fortemente a competitividade das indústrias e a geração de empregos no país.

Leia o documento na íntegra.

Câmbio preocupa a indústria

A CNI acompanha com muita preocupação a atual trajetória de valorização da taxa de câmbio. A taxa de câmbio real/dólar caiu 17% ao se comparar a média mensal de janeiro e dezembro de 2016. Somente nos dois primeiros meses de 2017, houve uma queda adicional de 7,2%, totalizando 23% em um espaço de 14 meses. Essa forte mudança no preço da moeda estrangeira pode causar danos irreparáveis nas estratégias das empresas e no investimento. Como as operações de comércio exterior têm prazos longos, negócios de exportação realizados há seis meses, com uma determinada taxa de câmbio, tem seu fechamento financeiro afetado quando a taxa de câmbio sofre valorização brusca e excessiva, consubstanciando-se muitas vezes em prejuízo.

O nível da taxa de câmbio é uma variável fundamental no processo de desenvolvimento econômico, pois alterações na taxa de câmbio podem provocar importantes efeitos sobre a estrutura produtiva e de emprego do País. Seu comportamento reflete diretamente na competitividade da indústria, pois sua valorização torna os produtos estrangeiros mais competitivos frente aos nacionais, seja no mercado doméstico, seja no exterior.

Ao tornar os bens importados mais baratos, sobrevalorizações cambiais excessivas e prolongadas reduzem a lucratividade da produção e do investimento em setores de bens comercializáveis (que são transacionados internacionalmente). Ao mesmo tempo, o preço de não-comercializáveis fica artificialmente mais elevado. Como setores de bens comercializáveis são, tradicionalmente, setores que tendem a ter maior capacidade inovadora, maior agregação de valor e maior nível de produtividade, a valorização provoca a transferência de mão-de-obra de setores de baixa produtividade para os de alta produtividade, com impacto negativo no nível de produtividade geral da economia.

Volatilidade também é problema. Não só a trajetória de valorização em si é nociva, a própria instabilidade, ou volatilidade, da taxa de câmbio também é muito negativa. Sondagem realizada pela CNI coloca a instabilidade da taxa de câmbio entre os principais problemas enfrentados pela indústria em 2016. A instabilidade dificulta a formação de preços, as decisões de investimento e de produção das empresas industriais.

A necessária ação da política econômica

No curto prazo, é indispensável adotar mecanismos que evitem a valorização permanente da moeda brasileira, que retira a competitividade dos produtos brasileiros, tanto no mercado brasileiro como no mercado global, bem como suas oscilações excessivas. É difícil alterar a tendência dos movimentos cambiais globais. Todavia, é possível atuar para evitar flutuações excessivas na taxa de câmbio originadas do mercado doméstico e mundial e, principalmente, coordenar as políticas domésticas para minimizar os efeitos indesejados sobre a taxa de câmbio.

A vigência de uma política monetária muito restritiva, em função da permanência de déficits fiscais elevados, provoca a ocorrência de taxas de juros brasileiras muito acima das taxas internacionais. O diferencial de juros atrai recursos externos que fomentam uma valorização da moeda brasileira não fundamentada nos fatores reais de custo e competitividade. A convergência da inflação para a meta permite, e justifica, a redução desse diferencial, com queda mais pronunciada dos juros domésticos.

É, portanto, fundamental que os formuladores de política tenham em mente os efeitos da valorização cambial não só na inflação como no restante da economia, em especial na indústria.

A CNI reconhece que os problemas de competitividade não se resumem à taxa de câmbio. As reformas microeconômicas voltadas para o aumento da competitividade são igualmente fundamentais e a CNI espera que essa agenda receba máxima prioridade.

Comissão de Biometria do TRE-RN planeja execução da Biometria Revisional – Ciclo 2017/2018



O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte se prepara para iniciar as atividades da Biometria Revisional - Ciclo 2017/2018. Este ano o cadastramento dos dados biométricos dos eleitores começará pelos municípios de Extremoz, Rio do Fogo, Barra de Maxaranguape, Touros e São Miguel do Gostoso. A Comissão de Biometria do TRE-RN vem se reunindo durante este mês de fevereiro para o planejamento e definições de logística para a execução dos trabalhos, nos municípios citados, bem como a gestão de recursos humanos e materiais necessários para as 64ª e 14ª Zonas Eleitorais, que irão receber os eleitores que passarão pelo cadastro biométrico obrigatório.

A previsão é que 45 municípios realizem a revisão biométrica até março de 2018. No início do mês de março o Presidente do TRE-RN, Desembargador Dilermando Mota e os juízes eleitorais Diego Dantas e Lidiane Maia, da 64ª e 14ª ZEs respectivamente, realizarão reuniões com os prefeitos e presidentes de Câmaras Municipais, a fim de formalizar parcerias relativas a cessão de servidores e transporte de eleitores. De acordo com o cronograma estabelecido pelo TRE-RN, a primeira etapa da Biometria Revisional começará no próximo mês de março e acontecerá nos seguintes períodos:

Extremoz: Início em 14.03.2017; Término em 29.04.2017; 

Rio do Fogo: Início em 15.03.2017; Término em 29.04.2017;

Barra de Maxaranguape: Início em 16.03.2017; Término em 29.04.2017;

Touros: Início em 21.03.2017; Término em 29.04.2017;

São Miguel do Gostoso: Início em 22.03.2017; Término em 20.04.2017.


Aberto EDITAL para Processo Seletivo de Servidores que atuarão na etapa 2017.1 da Biometria Revisional 

A Diretoria-Geral do TRE-RN torna público o EDITAL do Processo Seletivo de Servidores para atuação na Etapa 2017.1 da Biometria Revisional - Ciclo 2017/2018. O Edital se encontra publicado no Diário de Justiça Eletrônico (DJE), nº 35, publicado nesta quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017. São oferecidas 45 vagas. O Edital esclarece informações detalhadas acerca das vagas, pré-requisitos para a inscrição, como efetuar a inscrição e informações sobre a vedação, classificação, resultado, jornada de trabalho, diárias, transporte e disposições finais.O Edital pode ser observado a partir da página 6 do DJE nº 35/2017 , disponível neste link: http://www.tre-rn.jus.br/jurisprudencia/diario-da-justica-eletronico/diario-da-justica-eletronico


Equipe ASCOM TRE – RN

Sete planetazinhos aconchegantes

A revista "Nature", conhecida por sua alta credibilidade, revelou uma magnífica descoberta dos cientistas: sete pequenos planetas, em torno de uma estrela pequena, tudo minúsculo em cotejo com a terra. Períodos orbitais de dias, não de danos, nesse reino liliputiano. O jornal O Estado de S. Paulo deu destaque especial ao fato nesta quinta-feira. Talvez estejamos a nos aproximar mais de nossos sonhos. 

O gigantismo pode impressionar as vistas, mas o micro é preferível. Nada de enormes desertos, oceanos que por vezes se revoltam e causam tsunamis, homens que desenvolvem culturas diferentes, estranham-se e matam-se, tudo isso pode não ocorrer numa vida encerrada num pequeno círculo, tanto mais valioso quanto menor. 

Guerras mundiais seriam impossíveis ou "fatais". As falas dos habitantes mais amenas, correspondentes ao espaço que possuem. O tempo é outro. Talvez não haja estações naturais, mas a existência sob condições ideais não precisam ser alteradas. Claro que temos outros costumes e estranhamos. 

Mais. Nossos vizinhos. Não queiramos passar fins de semana neles. É hora de meditar sobre nós, o homem, o cosmo, e, sobretudo, sobre os outros. Quanto mais amplo o espaço em que devemos atuar, mais difícil a compreensão. Quanto mais o tempo flui, menos entendemos esse monarca do universo, amigo e inimigo, conforme circunstâncias nossas. 

Além deles, haverá outros, nessa imensidão universal. O importante é nos preparamos para a convivência. Tenho pena dos beligerantes de carteirinhas que consideram todos os alienígenas nossos inimigos, manuseando conceitos deploráveis de nossa civilização terráquea. Basta não querermos ser os reis da cocada preta e estabelecer as bases de um diálogo criativo. Linguagem? 

Também não a tínhamos. Creio que começaremos por contatos musicais e por explorações poéticas, pelo menos de nossa parte. Símbolos e manifestações corporais formam consciências e espíritos comuns, que se agregam ao longo de milhões ou bilhões de anos, tempo que devemos considerar nessas análises cósmicas. 

Os cientistas e seus mantenedores sabem com certeza da existência de irmãos do espaço sideral. O motivo dos segredos talvez sejam os próprios homens, considerados ainda despreparados para manter contatos de primeiro e de outros graus, já que nossa filosofia é patrimonialista, da propriedade e da posse, não da vida interconectada sem esses limites de um universo primitivo. 

Esqueçamos nossas bandeiras nacionais, expressões de nossas propriedades. Nossa intimidade, corpo e elétrons juntos, vale muito mais que tais manifestações. Nossos corpos não devem ser estendidos para coisas materiais que os ampliam num sistema solar que permitiu à Terra chafurdar-se em dois conflitos mundiais, enriquecer urânio, tirar óleo das entranhas do planeta e esboçar um estilo de vida massacrante e embrutecedor; que o digam os viciados em psicotrópicos e que só conseguem suportar-se com o auxílio de venenos. 

Nesses planetazinhos, se ainda estiverem nas calendas gregas, poderemos contribuir para corrigir nossas filosofias, usar da experiência dolorosa para viver em paz e conforto espiritual como se vive, ainda, em pequenos e adoráveis povoados terrestres. E desenvolver civilizações menores - mais inteligentes e realizadas nesse novo sistema solar - nos astros a que logo daremos nomes - nós, pretensos senhores plenipotenciários do universo. 

Jenni Mosello é um dos destaques do carnaval de Salvador 2017


A vice-campeã do X-Factor Brasil, é uma das convidadas do bloco Chá Rosa da cantora Alinne Rosa

O carnaval do Salvador é conhecido mundialmente por arrastar milhares de foliões atrás dos trios elétricos e esse ano não será diferente. O bloco comandado pela cantora Alinne Rosa, jurada do reality X-Factor Brasil, sai às ruas amanhã, dia 24 de fevereiro.

Uma das participações especiais desse ano é a da cantora curitibana, Jenni Mosello, que promete agitar o carnaval por lá. “Estou muito feliz em poder participar dessa grande festa, é uma honra poder cantar ao lado da Alinne no maior carnaval de rua do Brasil. Com certeza vai ser inesquecível”, comemora a cantora.

É a segunda vez que o bloco sai sob o comando da cantora, intitulado “Chá Rosa”, a festa acontece no circuito Barra-Olinda, prometendo um grande baile à fantasia. Já que, ao invés de abadas, os foliões receberão um kit fantasia inspirado nos personagens do filme “Alice no País das Maravilhas”.

O bloco “Chá Rosa”, sai às ruas na sexta-feira, 24 de fevereiro, às 20h30, os abatas custam a partir de R$ 230 e podem ser adquiridos no site http://www.blocodocha.com.br/.

Do lixo ao luxo: Empresa curitibana é a primeira do Brasil a criar uma linha de móveis exclusiva desenvolvida com cordas ecológicas produzidas com PET


Há mais de 50 anos, surgia em Curitiba a GS Fibras Naturais, uma das principais empresas brasileiras do mercado de mobiliários Premium. Já consolidada no Brasil e em outros países do mundo, entre eles os Estados Unidos, a empresa resolveu inovar e criou uma linha ecológica exclusiva, com móveis desenvolvidos artesanalmente com corda ecológica, produzidas a partir da reciclagem de garrafas PET.

O PET (Poli Tereftalato de Etileno) é um plástico utilizado tradicionalmente em garrafas de refrigerantes, aguas e sucos. Mesmo com a aparência frágil, ele é de difícil degradação, o que acaba gerando grandes problemas para o meio ambiente. Por outro lado, sai matéria-prima pode passar por uma limpeza especial e ser reaproveitada para a criação de outros produtos. Pensando no bem do Planeta, a GS Fibras Naturais foi a primeira empresa brasileira a fabricar uma linha inteira de móveis com cordas PET, que utiliza em sua fabricação 100% de material proveniente de garrafas PET recicladas. Para produzir 1kg de corda PET, são tiradas da natureza 20 garrafas PET de 2 litros.

“Derivado do poliéster, o PET apresenta um alto grau de resistência, além de ter baixa elasticidade, o que o qualifica como um dos melhores materiais para utilizar na fabricação de cordas para amarração. Nossas cordas são testadas em laboratórios e possuem laudo técnico que atestam sua capacidade à ruptura, indicado qual é seu limite e garantindo um produto de qualidade para o consumidor”, explica Vitor Stival, diretor da GS. 

No total, a Linha PET da GS Fibras Naturais apresenta quase 50 peças exclusivas, entre elas o Puf Rosembaum, desenvolvido pelo designer Marcelo Rosenbaum, peça que recebe 60 garrafas PET em sua produção. Outros destaques da linha, disponíveis em várias cores, ficam por conta da das cadeiras Cottagge e Sarah; das poltronas Catarina, Cozumel, Gala, Sunshine, Umbrella, Lacada e Princess; dos pufs Max e Audi; da mesa de centro Val; e da espreguiçadeira Polo.

“Todas essas peças são montadas manualmente para garantir a máxima qualidade. Além das cordas ecológicas, nossos produtos são desenvolvidos com madeiras licenciadas, tudo para garantirmos a sustentabilidade dos nossos produtos e, principalmente, para contribuirmos para um mundo melhor para todos”, completa Vitor.

Para conhecer um pouco mais sobre o trabalho da empresa curitibana, que está presente nas principais multimarcas do país, acesse o site www.gsmoveis.com.br.







Audiência entre o Poder Legislativo, SINTE\RN e o Prefeito Marconi Barretto




Em mais um capítulo envolvendo o Poder Executivo aumentando a jornada de trabalho de 6h para 8h, os trabalhadores foram até o Solar Antunes Pereira para pleitear o retorno das 6h com o prefeito Marconi Barretto. Entretanto, o mesmo não aceitou e não teve sensibilidade em retornar com esta imposição de aumento de carga horária de trabalho e irá cumprir com o determinado, respondendo em alto e bom som.



A Câmara Municipal de Ceará-Mirim, foi representada pelos edis Irmãos Carlos, Marcos Farias, Ângela Aquino e Júmaria Mota, os vereadores reiteraram nesta audiência total apoio a classe de trabalhadores, pois os funcionários da rede pública municipal, já estão sofrendo diversas perseguições por parte dos gestores das entidades educacionais.


O que os funcionários estão requerendo ao prefeito Marconi Barretto é uma sensibilidade e o retorno das 6h de jornada de trabalho. Sendo imposto até o último momento não revogar-se esta possibilidade.

O que irá acontecer dia 6 de março, quando se inicia o ano letivo para as mais de 50 escolas do município...


A Câmara Municipal estará sempre ao lado do povo cearamirinense.


Iran Júnior
Assessoria de Comunicação Social
Câmara Municipal de Ceará-Mirim




Fotos: Iran Jr



Empresas focam em menos clientes e mais qualidade

O conceito de “escritório boutique” vem ganhando cada vez mais espaço no país

Uma forte tendência que está ganhando espaço no Brasil são os chamados “escritórios boutiques”. O conceito é baseado em empresas que optam em atender um número menor de clientes para oferecer um serviço exclusivo e de qualidade. Segundo o professor de empreendedorismo do Instituto Superior de Administração e Economia (ISAE), Erlon Labatut, esse modelo de negócio é algo positivo, desde que sejam tomados alguns cuidados no seu planejamento e gestão. “Como em todo empreendimento, uma boa ideia é fundamental, mas existe um caminho a ser percorrido para que a ideia se transforme em um negócio lucrativo e sustentável no longo prazo”, comenta o especialista.

Um exemplo desse novo modelo é a empresa curitibana saad branding+design, que por meio de uma estrutura enxuta, escolhe projetos que se adaptem ao seu posicionamento. Segundo Lucas Saad, direto da empresa, esse método “boutique” tem como objetivo trabalhar com mais qualidade através da imersão adequada em cada caso e da exclusividade de cada projeto, olhando para todos os detalhes. Trazendo para o cliente um olhar “outsider”, ou seja, um olhar de todos os ângulos para entregar os resultados necessários para cada cliente. “Para nós, essa é a forma correta e mais efetiva de se trabalhar para atingir resultados que realmente tragam impactos e preparem marcas para o futuro”, explica Saad. 

Para o professor Erlon Labatut, os principais benefícios estão ligados ao atendimento personalizado, que é uma demanda cada vez maior do consumidor e a um custo fixo menor resultante da estrutura enxuta. “Este tipo de negócio que tem um foco bem definido normalmente consegue concentrar sua energia em poucas coisas, resultando assim em entregas (produtos/serviços) que realmente atendem as necessidades dos clientes gerando grande satisfação, mesmo com uma equipe pequena”, detalha.

Outras vantagens do atendimento exclusivo começam pelo atendimento presencial em todas as fases do projeto, além da possibilidade de escolha da equipe que irá atingir os resultados desejados, com profissionais parceiros altamente qualificados em suas áreas, respeitando o tempo adequado para cada fase do projeto. “Nós entregamos ferramentas e conhecimentos para criar experiências, persuasão e significado para os consumidores”, comenta Saad. Para o empresário, essa é uma área de negócio que tender a crescer cada vez mais, já que o público consumidor tem mudado e ficado ainda mais exigente com as marcas que consome. E para acompanhar esse processo, o mercado e os gestores precisam criar marcas que dialoguem com as pessoas e o branding é um grande facilitador deste processo.

Para Saad, a confiança é outro ponto positivo do negócio, já que existe tempo hábil para dedicar-se a cada projeto desenvolvido, as empresas sentem-se mais seguras com as mudanças que devem ser trabalhadas. “Aqui na consultoria temos vários exemplos de como esse modelo de negócio é benéfico. Como a Oigo, uma empresa de comunicação e áudio de Santa Catarina, aumentou seu faturamento em 300% em 3 anos e hoje destaca-se em seu mercado de atuação mesmo entre os grandes players. Já a Nastek é líder nacional em automação e comunicação com 90% de market share em empresas de energia e um de seus produtos, o Yon Bike Lamp, foi reconhecido em importantes sites como Yahoo! Finance, Business Wire, Fox News, CBS e Business Report, além de ter iniciado sua expansão internacional nos Estado Unidos”.

Labatut afirma que essa é sim uma tendência, que é um conceito está alinhado com outras tendências já consolidadas. Observando o mercado é possível identificar que negócios que envolvem habilidades e sensibilidades humanas são mais difíceis de serem automatizados e assim deixam de ser interessantes para grandes empresas, que tem foco no volume. Por outro lado, pequenas empresas podem tirar proveito disto, atendendo nichos tem necessidades específicas e estão dispostos a pagar um pouco mais por isto. “Como uma estrutura pequena, mesmo que o número de clientes não seja grande o negócio pode ser bastante lucrativo”, conta o professor.

Para finalizar, o professor do ISAE acrescenta que esse é um mercado que tende a crescer, já que existem vários nichos que podem ser atendidos, ao mesmo tempo que é crescente a demanda por serviços mais especializados e com atendimento realmente diferenciado. “Existe um desafio que é o cenário de crise em que vivemos atualmente, se a economia melhorar as expectativas são muito boas, caso a crise continue ou até se agrave o crescimento deste tipo de negócio deve ser também impactado”, finaliza.

8 dicas para curtir o Carnaval com saúde


Médico dá dicas para aproveitar os dias de folia sem comprometer a saúde.

O Carnaval é um dos feriados mais aguardados pelos brasileiros. Porém, para aproveitar os dias de folia com saúde, é importante estar atento a alguns cuidados básicos como a alimentação, a pele, e as doenças sexualmente transmissíveis. Pensando em tudo isso o Dr. Aier Adriano Costa, coordenador da equipe médica do Docway, separou algumas dicas para o feriado que está chegando.

1)   Use camisinha

O uso do preservativo é recomendado em todas as relações, é a forma mais eficaz de prevenção de inúmeras doenças como sífilis, herpes genital e a AIDS. Além do preservativo, mulheres devem ficar atentas ao uso da pílula do dia seguinte, segundo o médico, por possuir uma quantidade grande de hormônios, atrelada ao excesso de álcool pode trazer danos ao organismo e acabar com o feriado.

2)   Alimente-se bem

Outro cuidado importante para os dias de folia é com a alimentação, comer em um intervalo de 3 horas ajuda não só a manter a energia para ir atrás do trio, como a repor vitaminas e sais minerais que são eliminados com mais facilidade já que precisam ser usados para eliminar o álcool do organismo. Refeições leves são as ideais com frutas, sanduíches, snacks, eles ajudam a dar energia e manter o corpo preparado.

3)   Beba MUITA água.

Manter o corpo hidratado é fundamental, beba água, vitaminas, sucos naturais, isotônicos. Isso ajuda seu corpo e evita muitos problemas como insolação, mal estar, tonturas, desmaios e até a famosa ressaca, já que o corpo perde líquidos com a ingestão de bebidas. “Uma boa opção para esses dias é a água de coco, que hidrata e ajuda a repor os sais minerais que o organismo está precisando”.

4)   Use filtro solar

Sol em excesso causa inúmeros problemas como desidratação e queimaduras. Por isso, é bom evitar ficar exposto a ele nos horários de maior incidência, entre as 10h e às 16h. Proteja-se, use o protetor a cada 2h. Óculos de sol, bonés, chapéus, também são muito bem-vindos.

5)   Cuidado com as fantasias

Os dias são naturalmente mais quentes devido à época do ano, por isso, é bom tomar cuidado até na hora de se vestir. Use roupas leves e sapatos confortáveis, já que nessa época é comum que as pessoas passem grande parte do tempo em pé, evitando bolhas e o calor em excesso.

6)   Bebidas energéticas com cautela

Outra coisa muito comum nessa época do ano é o uso excessivo de bebidas energéticas, afinal, você quer aproveitar ao máximo todos os dias. Segundo o médico, essas bebidas apresentam um alto teor de cafeína o que pode causar insônia e atrapalhar o sono, prejudicando o descanso. “O uso de bebidas energéticas atreladas ao álcool podem causar arritmias e palpitações, por isso devem ser evitados”, explica.

7)   Carteirinha de vacinação em dia

Durante o carnaval é comum acontecer acidentes, como cortes com garrafas de vidro e objetos de metal, o segundo é fonte de bactérias e responsável pela transmissão do tétano. Além é claro, do grande número de pessoas nas ruas e eventos, o que pode facilitar a transmissão de doenças que podem ser evitadas se as vacinas estiverem em dia.

8)   Durma!

Apesar de querer aproveitar todos os dias de festa, é importante que existam horários de descanso, se não conseguir dormir pelo menos 7h às 8h por dia, evitando o cansaço excessivo e a irritação, tente fazer pequenas pausas durante o dia, ou tirar aquele cochilo após o almoço. Isso vai ajudar a aproveitar o carnaval da melhor maneira possível e sem descuidar da sua saúde e bem-estar.

Com essas dicas simples, sua festa vai acontecer da melhor maneira possível. “O abuso do álcool, falta de descanso, má alimentação e alta exposição ao sol podem trazer consequências severas à saúde como inflamação no fígado, desidratação, tonturas, vômitos, desmaios, dores de estômagos dentre outro problemas. Fazendo tudo isso você evita maiores problemas e aproveita o feriado”, finaliza o Dr. Aier Adriano Costa.

Sustentabilidade, um caminho sem volta


A Trisoft trilha há mais de 50 anos um caminho que começou com o algodão e que culminou em uma das maiores forças sustentáveis da indústria brasileira. Hoje, a empresa é a maior fabricante de itens feitos com lã de PET da América Latina, com produtos reciclados e 100% recicláveis que estão revolucionando o mercado. 

Quando Maurício Cohab, Diretor da Trisoft e pioneiro em iniciativas para um processo produtivo limpo, fala que não existe lixo, apenas matérias primas não aproveitadas, ele está traduzindo o conceito que a empresa leva muito à sério, há mais de 12 anos, quando aderiu à lã de PET como matéria prima para seus produtos. Hoje, a maior fabricante de itens com o material em toda a América Latina atende mais de 97 segmentos da indústria com linhas de produtos variadas, recicladas e 100% recicláveis, que comprovam a ideia de seu idealizador: “nós estamos mostrando que é possível, sim, fabricar sem água, sem produtos poluentes e ainda assim obter um produto compatível com as necessidades do mercado e de extrema qualidade”, enfatiza Maurício.

Entre os produtos Trisoft, estão enchimentos, mantas e revestimentos para o mercado moveleiro, de decoração, construção civil, de produtos para bebês, academias de ginásticas e inclusive para o mercado hoteleiro, um dos mais promissores para 2017. Para Maurício, tudo pode ser reciclado: “o que chamamos de lixo precisa, para o bem do planeta e da economia, virar matéria prima. Esse é o futuro, não há como fugir”, explica ele. Segundo o Diretor, o consumidor já está preparado para essa mudança: “ele pede um produto verde, sustentável, é uma característica que implica valor à mercadoria”, enfatiza. Tanto que a Trisoft criou, no ano passado, um selo de qualidade para garantir que o produto final é feito com enchimento reciclado e 100% reciclável, com o novo slogan "Trisoft, melhor pra você, melhor pro planeta”. Os clientes estão aderindo e atestando o produto em loja.

A ideia da empresa é transformar o mercado a partir de produtos que possam ser totalmente reaproveitados, sem perder em qualidade e beleza. No mercado de construção civil, por exemplo, “participamos de inúmeros projetos de revitalização, reformas e adequação termo acústica, por exemplo, com produto feito de lã de PET e que é totalmente reciclável, e o resultado é sempre melhor do que o esperado, tanto sob o aspecto de especificação de projeto, quanto de beleza”, finaliza Maurício. A Trisoft já utilizou, em seus produtos feitos com lá de PET, o equivalente a mais de 1 bilhão de garrafas retiradas do meio ambiente.

Sobre a Trisoft
A Trisoft é a maior empresa da América Latina especializada em produção de mantas e distribuição de Fibras de poliéster. Sua lã de pet é reciclada e 100% reciclável, atendendo a demanda de logística reversa de produtos e sendo usada por mais de 25.000 empresas brasileiras. Há mais de 55 anos no mercado, com qualidade e responsabilidade sócio ambiental, a Trisoft atua em diferentes segmentos industriais com produtos non-wovens como mantas, fibras e feltros de poliéster.

SINTE/RN denuncia na Câmara perseguição à categoria pela gestão do prefeito Marconi Barreto


SINTE/RN ENDURECE POSTURA CONTRA O PREFEITO MARCONI BARRETO E DENUNCIA EM AUDIÊNCIA NA CÂMARA, PERSEGUIÇÃO À CATEGORIA

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação-SINTE/RN Regional de Ceará-Mirim, esteve nesta terça-feira 21/02 realizando Audiência Pública com os vereadores, para denunciar o que classifica de perseguição à categoria pela atual gestão do prefeito Marconi Barreto-PSDB.

De acordo com os educadores, o prefeito vem atacando a categoria sem procurar dialogar, tirando-lhes o direito das seis horas de trabalho, corridas, que é uma conquista dos trabalhadores.
Além disso, o prefeito, através de Decreto, instituiu o ponto eletrônico em todos os estabelecimentos de ensino, que praticamente prejudica o desempenho das atividades dos servidores.

Diante disso, o SINTE/RN endurece sua postura contra tais atitudes do gestor municipal, e cobra condições de trabalho, respeito, autonomia das escolas, dignidade, transparência, diálogo, permanência dos direitos conquistados a exemplo da jornada de seis horas corridas.

De acordo com Francinilda Nogueira, servidora e integrante do SINTE/RN, o prefeito está desrespeitando a categoria.

“Se é guerra que Marconi quer, guerra Marconi terá”, disse a educadora durante a audiência com os vereadores.

Segundo ela, Marconi quer desviar o foco da crise na educação do município. “Ou o prefeito revoga o Decreto do ponto eletrônico ou vai ter problema com essa categoria”, disse Francinilda.

Também durante a audiência, que lotou toda a galeria e dependências da Casa Legislativa, o sindicato apresentou um documentário em fotos recentes denunciando o caos de abandono e falta de manutenção e conservação em que se encontram as escolas da rede de ensino do município na zona urbana, estando todas sem condições para o início do ano letivo 2017 previsto para o começo do próximo mês de março.

A falta de atenção à educação por parte do secretário titular da pasta, Carlos Eduardo Cardoso, também constou como ponto principal da pauta, durante a audiência.

APOIO

Os vereadores declararam apoio às reivindicações dos trabalhadores em educação, que vêm lutando contra o que chamam de perseguição à categoria pela gestão do prefeito Marconi Barreto.

A vereadora Ângela Aquino-PTC, que foi secretária de educação do município, lamenta a situação em que se encontram atualmente os estabelecimentos de ensino, e lembrou que deixou o cargo de titular da pasta em março de 2016.

“Fiz o que pude durante o período no qual estive secretária. Em relação à jornada de trabalho, moro aqui em Ceará-Mirim há mais de 30 anos, e sempre a realidade foi essa, de seis horas, tendo jamais colocado qualquer dificuldade. Não vejo prejuízo nenhum ao município”, disse a vereadora, destacando ainda: “Estou com o meu mandato a disposição, e vou estar do lado de vocês, categoria que também faço parte. Podem contar com o meu apoio”, ressaltou a vereadora Ângela Aquino.

Já o presidente da Casa, vereador Ronaldo Venâncio-PV, reiterou que o apoio à categoria já havia sido declarado por ocasião do primeiro encontro com os educadores e um grupo de aprovados no último concurso público do município, no último dia 06 de fevereiro na Casa Legislativa.

“A institucionalidade tem de ser preservada, com diálogo, o que não está existindo nas mais diversas áreas”, disse o presidente Ronaldo.

Mas para ele, a Casa precisa de fundamentação jurídica. “Estamos comprometidos com essa causa, mas precisamos de fundamentação jurídica para dar suporte à essa Casa no sentido de não incorrermos em lapso. Precisamos dar fundamentação ao que pretendemos decidir”, ressaltou o edil.

Para Ronaldo, a situação das escolas apresentada pelo SINTE/RN é muito preocupante.
O parlamentar destaca, porém, que nesse caso, os vereadores podem fazer visitas aos estabelecimentos e questionar o governo para que encontre uma solução para o problema.

Os parlamentares entendem que a atual gestão precisa ter sensibilidade com a situação, haja vista que uma possível greve não será benéfica para ninguém, principalmente para as crianças que poderão ser prejudicadas.

Os vereadores demonstraram, em sua maioria, solidariedade aos educadores e estão convictos de que o ensino deve melhorar, que os professores devem ser incentivados e as escolas precisam oferecer condições tanto para o professor, quanto para que o aluno tenha a maior produtividade possível em sala de aula.

O debate, feito entre vereadores e representantes do SINTE/RN resultou em vários encaminhamentos, entre eles: audiência da categoria e os vereadores com o prefeito, visitas às escolas, e que o prefeito Marconi Barreto esclareça a categoria sobre a sua declaração em uma emissora de rádio local, de que a merenda escolar estaria sendo desviada.

A audiência pública foi solicitada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação-SINTE/RN Regional de Ceará-Mirim.

Câmara Municipal de Ceará-Mirim
Assessoria de Comunicação Social
Jorge Moreira

Donald Trump anula regra para transex escolher banheiro nas escolas dos EUA


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anulou nesta quarta-feira (22) uma norma proclamada por seu antecessor, Barack Obama, para que as escolas públicas do país permitissem aos alunos transexuais usar os banheiros e vestiários que prefiram em função do gênero com o qual se identifiquem.

O procurador-geral, Jeff Sessions, anunciou em comunicado que o governo de Trump tinha decidido suspender a medida porque produzia muita confusão em nível local e não incluía “uma análise legal suficiente” sobre como essa iniciativa era coerente com os poderes que a Constituição outorga ao Executivo.

Mais de 12 estados controlados pelos republicanos se opõem veementemente às recomendações federais dadas pelo então presidente Barack Obama e estão enfrentando o governo americano no tribunal.

Alguns conservadores veem as diretrizes de Washington como uma interferência imprópria nos assuntos escolares locais e um abuso do Poder Executivo.
Governo federal x estados

Na terça-feira (21), ao ser questionado sobre a posição de Trump, o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, afirmou que a questão diz respeito aos estados, e não ao governo federal. “Isso não é algo que o governo federal deva ser envolvido. Essa é uma questão de direito dos estados”, destacou ele, segundo a agência de notícias France Presse (AFP).

O caso, que está na Suprema Corte, será ouvido no próximo mês e envolve Gavin Grimm, de 17 anos, que nasceu mulher, mas se identifica como homem. Ele entrou com uma ação para que pudesse usar o banheiro masculino em sua escola em Gloucester County, na Virgínia.

Esse é um dos casos de maior destaque e poderá ser analisado pelo conservador Neil Gorsuch – escolhido pelo presidente Donald Trump para a vaga na Suprema Corte, mas que ainda precisa da confirmação.

Na possibilidade de a ação ser julgada antes de Gorsuch, ou de um outro juiz assumir a nona cadeira da mais alta instância do país, o tribunal poderia bloquear o caso.
Atualmente, a Casa se encontra dividida de forma igualitária entre quatro juízes conservadores e quatro liberais.

Um bloqueio manteria a decisão do tribunal inferior intacta e não estabeleceria novo precedente legal. Muitos opositores do governo Obama – que apontam para seus valores religiosos e questões de segurança e de privacidade – se manifestam com o slogan “Nenhum homem nos banheiros das mulheres”.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Jácio cobra mais segurança ao Governo do Estado


Com um discurso focado e contundente o vereador Jácio Praxedes (DEM), fez uso da tribuna, na sessão desta quarta-feira (22), para cobrar mais segurança pública ao Governo do Rio Grande do Norte.

Ele lembrou que Ceará-Mirim, está localizada na Grande Natal, faz parte da Região Metropolitana do Estado, mas não recebe o tratamento devido. "A sociedade sofre as duras penas as consequências da insegurança, não podemos mais conviver com essa situação", destaca.

O vereador externou indignação, ao citar o alto índice de homicídios ocorridos no município, nos últimos dias.  Na sua fala, Jácio solicitou ao governo, aumento do efetivo policial, bem como, mais condição de trabalho para as polícias militar e civil, e ainda aproveitou para cobrar mais atenção dos deputados estaduais, que obtiveram votação significativa em Ceará-Mirim.

"É dever Governo do Estado, garantir segurança ao cidadão, a população de Ceará-Mirim anceia por medidas urgentes e determinantes que garantam esse direito", conclui 

Texto: Jhancy Richelm 
Assessoria CM/CM

Requerimento Coletivo visa melhorar atendimento à passageiros de transportes interurbanos




Em sessão ordinária desta terça-feira (21), os vereadores Manoel Vieira - PPS, Ana Carina – PSD e Arnaldo Silvestre - PSD, apresentaram um requerimento de autoria coletiva nº 26/2017, a ser encaminhado ao Governador do Estado do Rio Grande do Norte, Robinson Mesquita de Faria.


O documento com cópia ao Departamento de Estradas e Rodagem – DER/RN, solicita ao órgão, estudo no sentido de viabilizar a extensão da rota dos transportes interurbanos, que fazem a linda Ceará-Mirim/Natal, para que os novos bairros da cidade sejam contemplados, dentre eles: Planalto, Nova Ceará-Mirim e Maninho Barreto, uma vez que os transportes públicos circulam apenas pelas ruas do centro da cidade.

A intenção dos parlamentares propositores, é facilitar o deslocamento dos usuários que residem nos bairros mais distante das paradas tradicionais.

Texto: Jhancy Richelm 
Assessoria CM/CM