OFERTAS

sábado, 1 de outubro de 2016

Governo libera financiamento de imóveis de até R$ 1,5 milhão com recursos da poupança e juros menores


Na tentativa de dar um fôlego às construtoras que estão com estoques de imóveis encalhados, o Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou hoje o financiamento de empreendimentos novos com recursos da poupança no valor de até R$ 1,5 milhão.
Esse limite valerá por um ano. Depois desse prazo, voltará o teto de R$ 750 mil para os estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e o Distrito Federal. Nos demais estados, o limite retornará aos R$ 650 mil.
Antes da liberação temporária do CMN, os imóveis mais caros eram financiados por meio do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), com taxas de juros variando entre 13% e 15% ao ano, mais a variação da TR (taxa referencial). Agora, os juros devem ficar entre 10% e 12% ao ano, mais a TR.

Nenhum comentário: