OFERTAS

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Novos defensores públicos do RN tomam posse prometendo lutar pelos direitos dos mais necessitados


Resguardar os direitos dos desfavorecidos. Este será, a partir de agora, a realidade dos novos defensores públicos estaduais, que foram empossados na noite desta quarta-feira (26), durante Sessão Solene do Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE-RN). Ao todo, durante a solenidade, 16 aprovados no concurso público foram empossados e ingressaram na carreira como defensores públicos substitutos.

A Sessão Solene foi presidida pela Defensora Pública Geral do Estado, Renata Alves Maia, e contou com a presença de todos os membros da Administração Superior da Defensoria Pública e dos membros do Conselho Superior da DPE-RN, além de autoridades como o senador Garibaldi Alves Filho; o Defensor Chefe da Defensoria Pública da União, Wagner Ramos Kriger, e a secretária Estadual de Políticas para as Mulheres, Flávia Lisboa.

Durante seu discurso, Renata Maia destacou a alegria de todos os antigos membros da instituição com a chegada dos novos colegas. A Defensora Geral do Estado falou ainda sobre a importância de maiores investimentos por parte do Governo Estadual na Defensoria, ressaltando que de cada R$ 100,00 investido no Sistema de Justiça do RN, apenas R$ 2,00 são para a DPE, o que deixa a instituição potiguar em último lugar no ranking do Nordeste e em 21º no país quando o assunto é investimento.

Coube à empossada Anna Paula Cavalcante falar em nome dos novos defensores. Ela ressaltou a importância da Defensoria Pública. "Hoje ingressamos, com muito orgulho, em uma instituição essencial a função jurisdicional e, mais que isso, à realização do próprio sentimento de justiça. É a Defensoria Pública que vela pela igualdade em relação aos necessitados, que lhes assegura o acesso ao Poder Judiciário e luta pela observância de seus direitos, constantemente violados por condições tão precárias de vida”, destacou a representante dos empossados.

Ainda em seu discurso, Anna Paula Cavalcante alertou sobre o momento de dificuldades enfrentado pelo país e os riscos que ele pode trazer para a população carente. “Mais do que nunca é preciso resguardar os direitos dos desfavorecidos, porque são eles os que mais sofrem os efeitos da crise. Atualmente, a atuação firme da Defensoria Pública se faz ainda mais imprescindível, para evitar os abusos que ameaçam ocorrer”, declarou.


Assessor de Comunicação
Defensoria Pública do Rio Grande do Norte

Nenhum comentário: