OFERTAS

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Boatos sobre camisinhas grampeadas atribuídas à secretaria de saúde são falsos


Desde o início da manhã desta quinta-feira (08) estão surgindo boatos nas redes sociais de que camisinhas grampeadas em folders de prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) são parte de uma ação da Secretaria Estadual da Saúde Pública (Sesap). A informação, porém, foi desmentida pela pasta em nota oficial encaminhada à imprensa.

Confira abaixo:

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informa que a imagem de camisinhas grampeadas a folders que está circulando em redes sociais, em todo o Brasil, não é de nenhuma atividade realizada pelo Programa Estadual de IST/Aids e Hepatites Virais do Rio Grande do Norte.

É uma notícia que está circulando por todo o país e em cada Estado está sendo atribuída às respectivas secretarias de saúde. Até agora não se sabe qual a fonte, mas tudo leva a crer que é um hoax. Um hoax é um termo usado para designar boatos que se espalham na internet via e-mail ou redes sociais (Facebook, Twitter, Google+, etc) e que alcançam um número elevado de pessoas.

Pode ser bastante prejudicial, sobretudo se as pessoas acreditam nele. Sendo assim, a melhor maneira de lidar com o problema é a boa e velha prevenção, antes de quaisquer compartilhamentos verificar junto aos orgãos oficiais se a notícia é verídica.  

A Sesap ressalta ainda a importância do uso do preservativo em todas as relações sexuais e o cuidado no armazenamento do mesmo, evitando calor, luz solar direta e o contato com objetos perfurocortantes, além de verificar sempre a validade do mesmo. As embalagens devem ser abertas com as mãos apenas na hora do uso.

Nenhum comentário: