OFERTAS

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Prefeito eleito e 3 secretários são presos em operação da PF no Ceará

O prefeito eleito da cidade de Mulungu foi um dos presos na Operação Três Climas, deflagrada nesta quarta-feira (7) pela Polícia Federal no Ceará, com apoio da Controladoria Geral da União (CGU), por suspeita de fraudes no serviço de transporte escolar. Além dele, um ex-secretário e três secretários de educação de prefeituras do interior do estado também foram presos.
A assessoria do prefeito eleito disse que “está esperando saber o teor do processo para se manifestar”.

Ao todo, foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva, três mandados de prisão temporária, seis mandados de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para depor, e 24 mandados de busca e apreensão nas cidades de Ocara, Itapipoca e Pacajus.

A PF informou que realizou a operação nesta quarta porque era data da diplomação do novo gestor, Robert Viana, do PMN. Caso ele fosse preso depois da diplomação, conquistaria foro privilegiado. O prefeito eleito é sócio de uma das duas empresas envolvidas nas fraudes, que prestava serviço em vários segmentos. A polícia não divulgou o nome dos secretários.

A polícia destaca que somente uma das empresas contratadas pelas três prefeituras superfaturou os serviços de transporte escolar em mais de R$ 10 milhões. Os contratos sob suspeita foram celebrados entre 2012 e 2015. Os crimes investigados são de peculato, corrupção ativa, corrupção passiva , fraude em licitação, dispensa indevida de licitações , associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Nenhum comentário: