OFERTAS

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Robinson faz balanço da gestão em 2016


Em entrevista ao Jornal 96, na noite desta quinta-feira (22), o governador Robinson Faria destacou as ações que o governo vem conseguindo desenvolver apesar de um quadro de crise por qual passam os estados brasileiros. O chefe do Executivo estadual enumerou obras de infraestrutura, saneamento básico e iniciativas no turismo e segurança pública para colocar o Rio Grande do Norte no caminho do desenvolvimento, mesmo diante de um cenário de frustração recorrente de receitas provenientes da queda de repasses federais.

Um dos pontos citados pelo governador foi o pagamento do 13º salário já nesta sexta-feira (23) para os 15.228 servidores que recebem entre R$ 3 mil e R$ 4 mil. O adicional representa um acréscimo de R$ 52 milhões na economia local. Com o pagamento da parcela do décimo, mais de 85 mil servidores (76% da folha) terão recebido o salário. De forma global, o Governo vai injetar na economia mais de R$ 420 milhões neste final de ano.

Robinson Faria também reforçou que, apesar de um cenário financeiro pouco animador, as obras continuam a fluir pelo estado. É o caso do maior programa de saneamento da história de Natal. Até o momento, a cobertura sanitária na capital chegou a 59%, representando 500 km de tubulações já instaladas. Outra ação foi a entrega de um restaurante popular em Jucurutu como parte de um cronograma de sete unidades que serão inauguradas até janeiro de 2017. Além da cidade do Seridó, serão beneficiadas Natal (bairros Planalto e Pompéia), Mossoró, São José de Mipibu, Jardim de Piranhas e São Miguel.

O governador fez um balanço da administração do estado em meio às limitações orçamentárias. “Ser gestor em meio a uma crise e ter o que mostrar para a sociedade é um feito quase inédito no Brasil. Estamos conseguindo desenvolver projetos mesmo na crise. Isso só foi possível porque o governo pensa de forma inovadora, tem uma equipe motivada e técnica, que sempre foi uma das nossas características. Não vamos desanimar porque temos certeza que estamos no caminho correto”, disse.

Turismo

No turismo, a isenção do ICMS incidente sobre o querosene de aviação para aviões fretados permitiu a atração de mais de 400 voos extras durante a alta estação e iniciados já em dezembro. Correlato ao turismo, também está sendo construído o anel viário de Natal, que começará na avenida Moema Tinoco, na zona Norte, com interligação com a BR-101. Além disso, o acesso sul do aeroporto de São Gonçalo permitirá a ligação com a BR-304.

União dos Poderes

A pactuação com os Poderes foi ressaltada pelo governador, em especial com a Assembleia Legislativa e o Tribunal de Justiça. Com o TJ foi assinado um convênio de R$ 5 milhões para investimento na segurança pública e aquisição de viaturas, armas, coletes, pagamento de diárias operacionais, que reforçará a PM do RN durante a alta estação, iniciada no estado em dezembro.
Ainda com o TJ, o governo tem um acordo de empréstimo de R$ 20 milhões para construção de uma unidade prisional em Afonso Bezerra, já com o projeto licitado. Relacionada à segurança pública estão os concursos da Polícia Militar para 3 mil agentes de segurança em 2017, a partir de janeiro. Além disso, a instalação de bloqueadores de sinais de celulares nos principais presídios do RN foi destacada pelo governador com uma das principais realizações de governo neste ano.
“Acabamos de cumprir o prometido em Alcaçuz, nosso mais emblemático presídio, com a colocação do bloqueador de sinal de celular. Sem dúvida é um grande avanço para a segurança pública do nosso estado. Seremos a única federação do Brasil com bloqueadores nos principais presídios”, disse o governador.

Novas empresas no RN

Em relação ao empreendedorismo, uma das bandeiras da atual gestão, foi lembrado o trabalho do Governo, por meio da Junta Comercial do RN, para permitir o funcionamento do Escritório do Empreendedor, espaço que reduziu de 200 dias para uma média de 24h o tempo necessário para abertura de novas empresas. Em 2016, foram cinco mil novas companhias abertas.
“Nosso estado garante um ambiente muito bom para as empresas se instalarem aqui, como foi o caso do grupo Elisabeth, em Goianinha, mas também o caso de empresas menores. Isso foi possível por causa da nossa política de acelerar as licenças ambientais com um novo modelo de trabalho implantando no Idema, e o nosso incentivo com o novo Proadi, que garante gás natural subsidiado. Não há estado que ofereça no Nordeste melhor ambiente e segurança jurídica do que nós”.

Próximo ano

Como projeção para 2017, o governador disse que espera melhorias, sobretudo com o apoio do Planalto.  “Estive em Brasília com o deputado Fábio Faria e o ministro Gilberto Kassab em reunião com o presidente Temer, e ele prometeu liberar a operação de crédito de R$ 850 milhões, que está retida desde o primeiro ano do nosso governo, e que daria para executar muitas obras importantes”, finalizou.

Nenhum comentário: