OFERTAS

sábado, 14 de janeiro de 2017

Rebelião em Alcaçuz já são 12 mortes confirmadas



12 mortes ja forarm confirmadas ate o momento na penitenciária de Alcaçuz. 

Policiais militares e agentes penitenciários vão esperar até o dia amanhecer para entrar nos pavilhões da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, onde acontece uma rebelião desde a tarde deste sábado (14). A área externa de Alcaçuz já está sob o controle das autoridades, segundo a Polícia Militar. As saídas foram bloqueadas e o Corpo de Bombeiros está fazendo barricadas no local.

“A intervenção é impossível agora. No momento estão todos soltos lá dentro, e armados. Nossa missão é evitar que ele saiam”, declarou o major Camilo, da PM.

Do lado de fora do presídio, que está às escuras, se ouvem muitos tiros e é possível ver muita fumaça. Segundo a Polícia Militar, a rebelião começou às 15h40, depois do horário de visitas das famílias.
Os familiares dos presos que estão no local dizem que detentos de Alcaçuz que não estão envolvidos na rixa entre as facções estão pedindo socorro. Um grupo de mulheres das famílias dos presos se reuniu e tentou furar o bloqueio, sem sucesso.

O SINPOL-RN pede a todos os policiais civis que fiquem em alerta para uma possível onda de ataques por parte de bandidos. Isso porque existem informações vinda de presídios dando conta de um salve geral dos presos no Rio Grande do Norte e em outros estados.

“Inclusive, a penitenciária de Alcaçuz já está com os presos rebelados e outras unidades estão em tensão. Pedimos que os colegas fiquem com atenção redobrada, estando de serviço ou de folga”, afirma Paulo César de Macedo, presidente do SINPOL-RN


2 comentários:

Anônimo disse...

Cadê o governador dá segurança?
Imagine quando for inaugurado o presídio aqui de ceará mirim trazido pelo grupo político de Júlio imperador.

Wesley disse...

Anônimo, ate parasse que os problemas com os presídios são só no RN!