OFERTAS

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

A prática de exercício físicos aumenta a assiduidade no trabalho em 20%

Com baixo investimento, o empresário consegue a melhora do humor de seus funcionários, o aumento da satisfação no trabalho, o crescimento da produtividade além de reduzir em 20% os casos de Ler/Dort

Embora seja necessário, o trabalho pode afetar a vida das pessoas de maneira negativa se não for acompanhado de atividades físicas. O estresse, as doenças físicas e mentais e as lesões impactam na saúde e nas relações sociais. Tudo isso faz com que a produtividade caia. Mas basta sair do sedentarismo que tal quadro se reverte totalmente.

As atividades físicas devem fazer parte da rotina do colaborador de qualquer nível hierárquico, já que são capazes de proporcionar equilíbrio orgânico e mental. E não somente o funcionário ganha com isso, mas também a empresa. “A prática esportiva melhora o humor, aumenta a assiduidade em cerca de 20%, a satisfação do trabalho e a produtividade, diminui faltas e afastamentos, torna o colaborador ainda mais criativo e reduz em 20% problemas com a Ler e Dort (abreviaturas para Lesões por Esforços Repetitivos e Doenças Osteoarticulares Relacionadas ao Trabalho)”, conta Dra. Karina Hatano, médica do exercício e do esporte. “Além disso, desenvolve a concentração, o raciocínio, a disposição e, de quebra, a autoestima fica lá em cima”, conclui.

Para isso a empresa não precisa desembolsar altas quantias, ao contrário,  basta, por exemplo, contar com os serviços de um médico do exercício e do esporte. Ele, por sua vez, monta o programa de atividades, elenca os exercícios ideais para cada colaborador e fornece uma orientação nutricional.   

Karina explica que em um curto espaço de tempo o retorno começa a aparecer. “Os resultados são praticamente imediatos e o médico pode elaborar programas individuais, coletivos, para serem realizados em casa, ao ar livre ou em academias, de acordo com as preferências e necessidades pessoais”, explica a especialista.

Ginástica laboral – Um dos formatos de atividade física é aquela realizada no próprio ambiente de trabalho, e se chama ginástica laboral. Tem a duração média de quinze minutos, podendo ser realizada diariamente, três vezes por semana ou conforme a frequência que a empresa disponibiliza.
São em grande maioria exercícios de fortalecimento e relaxamento muscular, alongamento, correção de postura, entre outros, que evitam as dores nas costas, lombares e de punhos.
Veja alguns dos benefícios da ginástica laboral:
  • Aumentar a circulação sanguínea na estrutura muscular, melhorando a oxigenação de músculos e tendões;
  • Desenvolver a mobilidade e flexibilidade de músculos e articulações;
  • Proporcionar a postura adequada;
  • Diminuir o esforço na execução das tarefas e
  • Facilitar a adaptação ao posto de trabalho.

Sobre a Dra. Karina Hatano
Karina Hatano é médica do exercício e do esporte, mestre em Medicina Esportiva pela Universidade Federal de São Paulo, onde também realizou a Residência Médica em Medicina do Esporte, além de acumular especialização em fisiologia do exercício e nutrologia. Preceptora da Medicina Esportiva da Universidade Federal de São Paulo e professora da Liga de medicina esportiva da UNIFESP, também é responsável pela saúde de atletas de alta performance de diversas modalidades esportivas, como da seleção brasileira de natação e das confederações brasileiras de baseball e softball.

Nenhum comentário: