OFERTAS

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Filhos narram a separação dos pais em livro

“Equilíbrio instável” mostra como a separação influencia a vida de todos os envolvidos
Paulinas Editora lança, neste mês de fevereiro, o livro “Equilíbrio instável”, escrito pelos italianos Ennio Pasinetti e Mariella Bombardieri, que fala de uma realidade atual da qual não é possível fugir: a separação de casais.  
Considerando que esse acontecimento crítico causa desorientação e dor a todos os envolvidos e que os principais efeitos da decisão de um divórcio recaem sobre os filhos, os autores falam da separação mediante a imagem de algo em “equilíbrio instável”, uma corda bamba na qual os ex-cônjuges e os filhos caminham, vacilando diante das dificuldades, escolhas e dilemas vividos entre pessoas que não fazem mais parte de uma só família, mas permanecem dividindo direitos e obrigações. 
Para mostrar como a separação influencia a vida dos filhos, os autores dão voz a seis entrevistados – crianças que viveram tal situação e hoje, adultos, conseguem verbalizar como se sentiram, o que funcionou ou não no caso deles e como superaram os momentos difíceis e as questões cotidianas na infância e na adolescência. Além deles, o leitor também segue a história de Marco e Sara, também filhos de pais separados, que estão prestes a se casar e dar início à própria família – um elemento interessante, que demonstra que a instituição do casamento é importante e ainda sobrevive.
Sem expressar juízos de valor, os autores procuram deixar claro que um filho tem necessidade de seu pai e de sua mãe; que independentemente das causas da separação, enquanto pais, os dois são merecedores do amor filial; que é importante superar os conflitos e permitir a convivência tranquila, preferencialmente sem dias e horários previamente estipulados, mas sempre que houver a necessidade de estar com um ou com outro; que as crianças precisam ser ouvidas e esclarecidas sobre o futuro; que os demais familiares têm um papel importante a cumprir – o de oferecer apoio aos pais e às crianças, sem julgar nem tecer comentários acerca do caráter ou do comportamento dos envolvidos.
O objetivo é oferecer ajuda a quem vive a separação e transformar esse momento de transição em uma experiência menos traumática.
O livro “Equilíbrio instável” já está à venda em todas as livrarias Paulinas do Brasil e também na loja on-line da editora – www.paulinas.com.br.

Ficha técnica:

Título: Equilíbrio instável – A separação dos pais narrada pelos filhos

Autores: Ennio Pasinetti e Mariella Bombardieri
ISBN: 978-85-356-4158-5
Coleção: Crescer em Família
Páginas: 152
Edição: 1
Ano: 2017
Idioma: Português
Formato: 13,5 x 20,0 cm
Código: 529460

Sobre os autores:
Ennio Pasinetti atua como redator de textos narrativos e manuais para a infância e o Ensino Fundamental em uma editora de livros escolares. É especialista em teatro para jovens.

Mariella Bombardieri é psicopedagoga, formadora e mediadora familiar. Desde 1995 colabora com a Universidade Católica Sagrado Coração, na Bréscia. Há anos atua no aconselhamento de casais, adolescentes e professores. É autora de livros e colabora com artigos publicados no semanário da diocese de Bréscia.

Sobre Paulinas:
Paulinas Editora é parte integrante do projeto apostólico da Pia Sociedade Filhas de São Paulo, instituição religiosa católica fundada pelo padre Tiago Alberione, com a colaboração de irmã Tecla Merlo, na Itália, em 1915, com o objetivo de evangelizar na cultura da comunicação. Referência de qualidade, ética e respeito pela diversidade cultural e religiosa, Paulinas Editora está presente no Brasil desde 1931 e, ao longo de sua trajetória, vem sendo reconhecida por sua atuação com inúmeras premiações, com destaque para oito Prêmios Jabuti – o mais importante prêmio literário do país, conferido pela Câmara Brasileira do Livro. Diversas obras também receberam a menção “Altamente recomendável” ou indicações ao “Acervo básico” da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), entre outras distinções conferidas por associações literárias nacionais e do exterior.

Nenhum comentário: