OFERTAS

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Petistas atribuem a morte de Marisa Letícia à “perseguição” da Lava Jato


A ex-primeira-dama Marisa Letícia, mulher do ex-presidente Lula (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)

Começa a se consolidar entre aliados do ex-presidente Lula o discurso de que o juiz Sergio Moro e “os moleques de Curitiba”, numa referência aos procuradores responsáveis pela Lava Jato, “mataram” Marisa Letícia, mulher do ex-presidente Lula. Esse discurso será adotado nas próximas horas. Para o deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), a morte de Marisa é consequência do massacre que a família dela tem sofrido nos últimos meses. “Ela tinha aneurisma diagnosticado há dez anos. Mas a perseguição pública, ilegal e abusiva que ela, os filhos e Lula vinham sofrendo teve impacto para que dona Marisa sofresse o que sofreu”, afirma. “Os moleques de Curitiba e o Moro mataram Dona Marisa”, afirma o presidente do PT do Rio de Janeiro, Washington Quaquá. “Talvez não quisessem, mas a morte da ex-primeira-dama é consequência direta da forma com que eles vinham perseguindo publicamente aquela família.”


Nenhum comentário: