OFERTAS

segunda-feira, 20 de março de 2017

Operação transfere presos de facções rivais para pavilhão reformado em Alcaçuz


O início da manhã desta segunda-feira(20) foi de transferência de 800 internos dos pavilhões 1, 2 e 3 da Penitenciária Estadual de Alcaçuz,  para o Pavilhão 5 da unidade prisional, local conhecido o Presídio Rogério Coutinho Madruga. Com a transferência, a área reformada passa a contar com mais de 1200 internos. A operação teve apoio de agentes penitenciários federais.

Nos pavilhões 1, 2 e 3 ficam presos da facção ‘Sindicato do Crime do RN’, enquanto nos pavilhões 5 e 4, que formam o Rogério Coutinho Madruga, ficam os detentos ligados ao PCC. No pavilhão 4 onde ocorreu a maioria das mortes no massacre de janeiro, o local foi esvaziado logo após a retomada feita pelos agentes.

Com a transferência, o Pavilhão 5 passa a separar por celas os presos com nome e unidade.

Nenhum comentário: