OFERTAS

sábado, 11 de março de 2017

Temer minimiza críticas e diz que não quer a paternidade da transposição


Em solenidade nesta sexta-feira, 10, no Complexo Aluízio Campos, em Campina Grande, o presidente Michel Temer, que está na Paraíba para inaugurar a chegada das águas da transposição do São Francisco e a triplicação da BR 230 de Cabedelo a Uitizeiro, usou um discurso breve, mas amenizou críticas de que ele estava pleiteando para si, a “paternidade da obra da transposição”
Temer ressaltou que o pai é o povo nordestino e o brasileiro que pagou impostos para que a obra fosse realizada.

– Eu não quero a paternidade dessa obra, ninguém pode tê-la. A paternidade é do povo nordestino – disse.

O presidente ressaltou a cobrança dos senadores Cássio Cunha Lima, José Maranhão e Raimundo Lira, como importante. Segundo ele, quinzenalmente, os parlamentares estavam no Ministério da Integração pedindo o aceleramento da obra.

Nenhum comentário: