OFERTAS

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Secretário de Educação não comparece à audiência pública na Câmara


AUSÊNCIA EM AUDIÊNCIA
SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DESOBEDECE CONVOCAÇÃO DA CÂMARA E NÃO COMPARECE À AUDIÊNCIA PÚBLICA PROPOSTA PELA CASA LEGISLATIVA DE CEARÁ-MIRIM

O SINTE/RN Regional de Ceará-Mirim, educadores, alunos, pais de alunos, entre outros segmentos da sociedade, participaram na tarde desta terça-feira 04/04 de audiência pública proposta pela Câmara Municipal para discutir assuntos relacionados aos problemas que afligem a educação do município.

Com a presença de 14 dos 15 parlamentares, a audiência foi de extrema importância para esclarecer ao público presente e a sociedade em geral, além de representantes públicos, sobre os problemas e dificuldades enfrentadas pela comunidade escolar junto à Secretaria de Educação do Município.

O secretário municipal de educação, engenheiro civil, Carlos Eduardo de Macêdo, em desobediência à convocação da Casa de Leis, não compareceu à audiência, limitando-se a comunicar pelo telefone, através de sua secretária que, por motivo de doença não poderia comparecer ao evento.

Os sindicalistas do SINTE/RN, todos foram unânimes ao relatarem as dificuldades enfrentadas junto a atual gestão municipal e cobraram medidas urgentes e eficazes para solucionar as demandas da rede municipal de ensino.

Eles também ressaltaram que a atual administração quer fazer educação sem dialogar com a categoria, referindo-se as imposições do prefeito Marconi Barreto-PSDB, sem consultar a comunidade escolar, como se o município de Ceará-Mirim fosse uma empresa privada.

Na fala dos vereadores, ficou clara a preocupação dos edis com o possível crescimento dos problemas e das demandas, além da falta de um olhar criterioso dos gestores do município e da educação, que não sinalizam com ações efetivas para resolver os problemas na educação, que estão inclusive, prejudicando o ano letivo 2017 em Ceará-Mirim.

Entre os problemas mais graves estão:

Falta de professores, auxiliares, cuidadores, ASGs, problemas com a merenda escolar, infraestrutura das escolas, impasse com a categoria em relação a jornada de trabalho, falta de respeito do gestor municipal com a categoria, entre outros.

Câmara Municipal de Ceará-Mirim
Assessoria de Comunicação Social
Jorge Moreira

Um comentário:

Anônimo disse...

quem poderia responder alguns desse vários problemas seria a vereadora angela,pois a mesma foi secretaria por vários anos e os problemas só continuam ou a população já esqueceu?