OFERTAS

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Cinco mulheres são mortas no Rio Grande do Norte em 24 horas


Em apenas 24 horas, cinco mulheres foram assassinadas no território norte-rio-grandense. As vítimas agora fazem parte das estatísticas que já apontam 1000 homicídios no estado potiguar apenas em 2017. Os crimes ocorreram entre a sexta-feira 26 e o sábado 27 nos municípios metropolitanos de Natal e Ceará-Mirim, e nas cidades de Antônio Martins, Governador Dix-Sept Rosado e Triunfo Potiguar.

Em Natal, no bairro Cidade da Esperança, zona Oeste, uma jovem de 26 anos foi encontrada morta em casa com ferimentos na cabeça. O caso segue sob investigação; em Ceará-Mirim, um casal – Maria das Graças de Jesus Santos e José Pinto da Silva – foram executados em casa. De acordo com a polícia, José teria envolvimento com tráfico de drogas.

Em Antônio Martins, a polícia registrou o assassinato de Rosineide Paula Fernandes da Silva, de 23 anos, morta a tiros enquanto jogava baralho na calçada de um bar. De acordo com a polícia, dois homens em uma motocicleta são os suspeitos do crime; em Governador Dix-Sept Rosado, mais um duplo homicídio, quando Pablo Teixeira Filgueira, de 28 anos, e Marina Rane Martins de França, de 21, foram mortos por quatro homens em motocicletas durante uma festa na comunidade Sítio Cigana; por fim, em Triunfo Potiguar, a dona de casa Leidiane da Silva Freitas, de 27 anos, foi morta a facadas em Serra de João do Vale por um suspeito que a polícia acredita ser seu ex-marido, de acordo com depoimento de familiares da vítima. O homem, que estaria insatisfeito com a separação, teria levado, em seguida ao crime, os dois filhos do casal em um motocicleta.

Neste ano, já foram 56 mulheres mortas n Rio Grande do Norte; destas, 13 teriam sido vítimas do que é configurado como “feminicídio” – quando o crime se dá por questão de gênero. Em relação a 2016, que contou com 37 mortes no mesmo período, este ano de 2017 contabilizou um aumento de 51,4%.

Nenhum comentário: