OFERTAS

quinta-feira, 18 de maio de 2017

O inferno astral de Temer


As reuniões no Palácio do Jaburu se arrastaram até a madrugada desta quinta-feira para discutir os estragos da delação dos donos da JBS na economia e na política. Segundo relatos, o Planalto cogitava pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) ainda ontem à noite acesso às gravações. No encontro com os ministros integram o núcleo duro do governo, Michel Temer disse que estava vivendo o pior momento da vida dele. Teria se queixado também de “armação e conspiração”, disse um interlocutor.

Segundo uma fonte, Temer contou que só recebeu Joesly Batista, um dos donos da JBS, na residência no Jaburu, porque o empresário insistiu muito. O presidente teria comentado também que não se lembrava direito da conversa, mas em que, em algum momento, falaram do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso em Curitiba.

Nenhum comentário: