OFERTAS

terça-feira, 4 de julho de 2017

Ex-jogador do Vasco está morando de favor nos fundos da casa do sogro e cheio de dívidas


O deslumbre com o sucesso e a fama pode deixar a pessoa em uma situação bem pior do que quando não tinha nada. O dinheiro fala mais alto e a vontade de gastar mais e mais é incontrolável.

De acordo com informações do Extra Online, o ex-jogador do Vasco da Gama Bernardo está vivendo uma péssima fase na vida pessoal e profissional.

Sem clube, o atleta está com dificuldades para quitar todas as suas dívidas e estaria morando de favor nos fundos da casa do sogro no Rio de Janeiro, em um pequeno cômodo.

Tudo muito diferente de quando ostentava uma cobertura no Recreio, andava com o carrão do ano e vivia em festas e badalações. O mundo girou!

A esperança de Bernardo é fechar com um pequeno time de Alemanha que já vem o sondando há algum tempo. A assessoria do jogador negou e disse que Bernardo não possui nenhuma dívida.

4 comentários:

Anônimo disse...

Os bastidores de uma eleição da Câmara Municipal marcada por traições!
Na última sexta-feira o presidente da Câmara Municipal de Ceará Mirim, Ronaldo Venâncio, procurou o vice-presidente, o vereador Carlão, para assinar um requerimento de oficialização de uma chapa para concorrer a mesa diretora referente ao biênio 2019/2020. Essa eleição deveria ocorrer somente em janeiro de 2019, mas Ronaldo tinha pressa em se reeleger presidente, haja vista que tinha celebrado um acordo com o prefeito Marconi Barreto, com Antonio Peixoto, Renato Martins para sua reeleição.

Anônimo disse...

Carlão então disse a Ronaldo que não tinha como assinar o requerimento na sexta, pois precisava aguardar o retorno de Júlio César, que era presidente do seu partido e que estava em Mossoró só retornando no dia seguinte.
Diante disso, Ronaldo tirou Carlão da chapa e colocou o vereador João dos Ônibus. Isso tudo combinado com o vereador Irmão Carlos, Marcos Faria e Renato Martins que também fecharam compromisso com Marconi. A nova chapa foi oficializada no sábado num almoço em Muriú e amplamente divulgada nas redes sociais. Quando Júlio chegou no sabado à tarde emitiu uma nota em apoio a Carlão registrando o ocorrido.
Nesta segunda-feira (3), alguns vereadores chateados com a postura de Ronaldo Venâncio começaram a especular uma nova chapa. Foi ai que então preocupado em se garantir como presidente e vendo sua reeleição ameaçada Ronaldo foi mais uma vez atrás de Júlio César para pedir sua ajuda. Ronaldo iniciou a conversa pedindo desculpas a Júlio e oferecendo a vaga de vice ao PSD que é a maior bancada da Câmara. Com isso ele já descartava o vereador João dos Ônibus, que havia sido confirmado como vice por ele mesmo no dia anterior. Só que desta vez o maior líder da atualidade de Ceará Mirim fez o que o povo sempre quiz e que todos torciam a tempos, disse um sonoro não a Ronaldo. A conversa foi dura e Júlio registrou as várias traições praticadas por Ronaldo em sua trajetória politica. Segundo uma pessoa que soube do contexto da reunião, Júlio teria lembrado a Ronaldo o que ocorreu quando ele apoiou Fabrício Gaspar e no dia que Antonio Peixoto venceu as eleições lá estava ele abraçado com Peixoto. Lembrou ainda da campanha de Governador quando no sábado à noite após o IBOPE apresentar uma pesquisa no 2º turno declarando Robinson Faria eleito, ele mudou de lado deixando de votar em Henrique para votar no Governador. Lembrou que no dia seguinte, na comemoração, Ronaldo era o primeiro no palanque parecendo até que tinha contribuindo de alguma forma para a eleição.
Segundo consegui apurar Júlio continuou lembrando a Ronaldo da ajuda que ele lhe deu na sua campanha de Vereador e na última eleição de Presidente da Câmara, onde ele somente se elegeu presidente com o seu apoio .
Ainda na conversa, Júlio teria registrado a Ronaldo que o modo dele de fazer política sempre foi neste sentido e que preferia ficar fora desse processo do que participar de uma eleição onde o presidente tem esse tipo de compartamento. Por fim, reclamou que Ronaldo não pode esperar um dia para ter uma conversa com ele, mas que para atender seus interesses antecipou em mais de uma ano a eleição. Na minha opinião Ronaldo se julgava acima de tudo e substimou a liderança de Júlio e a independência dos vereadores. Contudo, o fato é que Ronaldo para se reeleger Presidente, o que deverá ocorrer na tarde de hoje, teve que ir pedir desculpas a Júlio indo até a sua casa além de mudar sua chapa tirando João dos Ônibus para colocar Jumária Mota.

Anônimo disse...

Outro momento marcante dos bastidores dessa eleição foi a conversa que houve entre o esposo de Jumária e Irmão Carlos, onde o Irmão sentou a lenha em Júlio César, na ansia de fazer valer os interesses que tinha com a eleição de Ronaldo. Vale lembrar que Júlio foi muito correto quando manteve Heriberto como seu vice, quando poderia ter optado por nomes como o próprio Ronaldo, Marcilio e Daniel Melo. Isso lhe custou a derrota nos dois maiores colegios eleitorias do baixo vale, Rio dos Indios e Coqueiros onde irmão Carlos de julga lider. Sem falar que o Irmão deve boa parte do seu mandato de Vereador ao filho de Dra. Leonor. Mas em se tratando de irmão Carlos não merece muitos comentários, pois todos conhecem sua trajetória política de Ceará Mirim, inclusive o próprio Júlio sabia disso quando lhe estendeu a mão. Quanto a Júlio, mostrou que tem caráter e que é o maior líder político da atualidade no Verde Vale, pois em um dia fez o "poderoso" presidente descer do andor e calçar pelo menos uma vez a sandalha da humildade. O fato é que mesmo contando com o apoio de todos os figurões da política de Ceará Mirim, Ronaldo teve que se render a Júlio.
Se Ronaldo vai mudar, eu particularmente não acredito. Mas de uma coisa tenho certeza, Júlio de certa forma se redime do erro que possa ter cometido na última eleição quando se juntou com políticos que são reprovados pela populaçao e sai desse processo muito fortalecido, nos braços do povo que é o mais importante, e acima de tudo mostrou que as decisões politicas de Ceará Mirim, independente de resultado, sempre passarão por ele.
Ronaldo para garantir sua reeleição teve que se unir a Antônio Peixoto, Marconi Barreto, Renato Martins e outros políticos que o povo de Ceará Mirim repudia e agora terá que conviver ainda mais com a fama de traidor e oportunista que vem marcando sua trajetória política ao longo dos tempos, sepultando qualquer possibilidade de buscar voos maiores.

Anônimo disse...

Ronaldo Venâncio qr ser prefeito a todo custo. ..hipócrita. ....