OFERTAS

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

TRT-RN: Sessão solene marca os 25 anos da Justiça do Trabalho no Rio Grande do Norte


Com o novo plenário totalmente lotado de magistrados, servidores, advogados e autoridades convidadas, o Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) realizou uma sessão solene, nesta quinta-feira (17) para comemorar 25 anos de instalação da Justiça do Trabalho no estado.

A data oficial de instalação do TRT-RN é 16 de junho de 1992 e seu primeiro presidente foi o desembargador José Vasconcelos da Rocha, hoje aposentado, que também participou da solenidade, ao lado de representantes de vários Tribunais do Trabalho.

No ponto alto da cerimônia, a presidente do TRT do Rio Grande do Norte, desembargadora Auxiliadora Rodrigues quebrou o protocolo e surpreendeu a todos ao convidar o ex-presidente, mais um advogado e um servidor com vários anos de atuação na Justiça do Trabalho, para descerrar a placa comemorativa dos 25 anos.

Cidadania -  O presidente da OAB/RN, Paulo de Souza Coutinho, que saudou a data em nome dos advogados. disse que o “dia de hoje é um dia de festa porque a advocacia potiguar vê o TRT como sendo, também, uma casa da advocacia”.

Coutinho também relembrou o momento que vivemos, em que "existe uma tentativa de diminuição da Justiça do Trabalho no país, com a entrada em vigor de uma nova legislação trabalhista, que não foi discutida com a sociedade".

Em nome dos juízes, a vice-presidente da Associação dos Magistrados do Trabalho da 21ª Região, Jólia Lucena exaltou o caráter da Justiça do Trabalho e do TRT-RN, que contribuem significativamente para a cidadania no país.

Já o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho no RN, Fábio Romero Aragão Cordeiro, conclamou os magistrados do TRT para lutar em defesa da Justiça do Trabalho, diante da ameaça de sua extinção.

 “O MPT tem a convicção de que a Justiça do Trabalho continuará prestando os relevantes serviços que presta ao país”, destacou o procurador.
Juventude - Na sua vez de falar, a desembargadora Auxiliadora Rodrigues destacou o quanto a data é significativa para ela, que tem a matrícula de nº 6 da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Norte.

A presidente não discursou. Coube aoo desembargador Carlos Newton Pinto, o decano da Corte durante a solenidade, essa missão e ele fez um histórico sobre a instalação do TRT no Rio Grande do Norte, registrando os marcos das administrações que se sucederam ao longo desses 25 anos.

Carlos Newton disse, ainda, que, aos 25 anos, o TRT está na “plena  juventude de uma instituição”, mas que já conseguiu alcançar metas que tribunais mais antigos, maiores e com maior estrutura não conseguiram fazê-lo.

As comemorações dos 25 anos de instalação do Tribunal Regional do Trabalho no Rio Grande do Norte prosseguem até junho do ano que vem. Vários eventos estão programados para chamar a atenção da sociedade norteriograndense para a importância da Justiça do Trabalho.

Atualmente, a Justiça do Trabalho no Rio Grande do Norte é composta por dez desembargadores, duas Turmas de Julgamento e mais 22 Varas do Trabalho instaladas, sendo doze na capital e mais dez no interior do estado: Assu, Caicó, Ceará-mirim, Currais Novos, Goianinha, Macau, Mossoró (4) e Pau dos Ferros (Posto de Atendimento).

Nenhum comentário: