OFERTAS

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

TRT-RN concilia dissídio coletivo dos contabilistas

Um processo, uma longa discussão, um acordo construído, passo a passo,  com muito diálogo entre as partes e a mediação da Justiça do Trabalho.

Em resumo, essa é a história de um dissídio coletivo que poderia se constituir em um daqueles conflitos intermináveis e que acabam ganhando um final feliz.

A audiência de conciliação, presidida pelo desembargador Bento Herculano Duarte Neto, vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), reuniu representantes dos sindicatos dos trabalhadores e das empresas de serviços de contabilidade do Rio Grande do Norte.

Foi acordado entre as partes: reajuste salarial de 6%; alteração da data-base, de abril para junho, e o pagamento do auxilio-alimentação de acordo com o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT).
  
Na audiência, o desembargador destacou em seu chamamento às partes, as vantagens da solução autocompositiva do conflito coletivo laboral, uma vez que, tanto os contabilistas, quanto os contadores, conhecem como poucos a realidade vivenciada por empresários e trabalhadores.

"É preciso compreender que nesse momento, a melhor solução para um conflito é aquela construída pela via do diálogo, em que são atendidas as necessidades mútuas mediante concessões recíprocas, atingindo-se a almejada pacificação social", ponderou Bento Herculano.

Processo nº 0000346-48.2017.5.21.0000

Nenhum comentário: