OFERTAS

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Cosems e Fiocruz iniciam projeto de interiorização do Canal Saúde


Ao longo de duas semanas, entre os dias 16 e 27 de Outubro, integrantes do Canal Saúde, emissora pertencente a Fundação Oswaldo Cruz (Oswaldo Cruz), com sede na cidade do Rio de Janeiro/RJ, estiveram no Estado do Rio Grande do Norte realizando oficinas de comunicação junto a funcionários das Unidades Regionais de Saúde Pública (Ursaps), secretarias de saúde e assessorias de comunicação de todos os municípios potiguares. A iniciativa consiste no projeto de interiorização do Canal Saúde, idealizado pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do RN (Cosems-RN) e a Fiocruz, visando a divulgação positiva, em rede nacional de televisão, das ações desenvolvidas no Sistema Único de Saúde (SUS) pelos municípios potiguares.

“A parceria entre Cosems e Fiocruz visando à instalação do Canal Saúde no RN teve início em 2015 e foi se concretizando ao longo de dois anos, mediante visitas nossas feitas à sede da Fundação Oswaldo Cruz e a levantamentos realizados em meio aos gestores potiguares, que verificou o nível de interesse para recebimento do Canal”, frisou a presidente do Cosems-RN, Debora Costa. Ainda de acordo com Debora, a vinda do Canal Saúde será muito benéfica ao SUS norte-rio-grandense, pois, apesar dos vários problemas, o Sistema Único de Saúde potiguar tem vários projetos bons e muita coisa que dá certo, e esse lado positivo do SUS também precisa ser conhecido pelos potiguares e por todo país. 

Para a coordenadora de mobilização do Canal Saúde, Nicole Leão, as oficinas desenvolvidas tiveram o objetivo de orientar os profissionais a sintonizarem o Canal nos aparelhos de TV existentes nas unidades de saúde e fazer com que as equipes dos municípios produzam conteúdo para serem transmitidos em cadeia nacional, na grade do programa "Meu SUS é Assim". Além de Nicole Leão, outras integrantes do Canal Saúde como Márcia Fixel, Mônica Mourão e Ana Cristina Figueira, também vieram ao RN para ministrar as oficinas.

Nenhum comentário: