OFERTAS

sábado, 27 de janeiro de 2018

Empresários discutem estratégia eleitoral e articulam “chapa do setor produtivo”


Representantes do setor produtivo querem formar uma chapa competitiva para disputar as eleições de outubro no Rio Grande do Norte. Insatisfeitos com o status quo e com a configuração que se desenha para o próximo pleito, gestores empresariais têm feito reuniões de cunho político com o objetivo de traçar uma estratégia eleitoral que acomode os interesses do segmento.

Quatro personagens têm se destacado na articulação e podem ser candidatos em 2018. São eles os empresários Tião Couto e Marcelo Alecrim, que atuam respectivamente nos setores petrolífero e de combustíveis, o desembargador de Justiça Cláudio Santos e o ex-governador Melo.

A pretensão do grupo é que a definição sobre as pré-candidaturas surja nas próximas conversas. Por enquanto, os quatro têm se dedicado ao trabalho de mobilização de outros empresários do estado, buscando adesão ao movimento político.

A avaliação de parcela do empresariado é que as próximas eleições serão propícias à ascensão de “outsiders” na política potiguar. O movimento, observado em boa parte do mundo, consiste na incursão na política de personagens bem sucedidos em outras áreas, notadamente no setor privado.

Nenhum comentário: