sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Vereadora diz que governantes precisam se preparar para enfrentar transtornos


CEARÁ-MIRIM
ATIVIDADE PARLAMENTAR
VEREADORA ÂNGELA AQUINO DIZ QUE GOVERNANTES PRECISAM SE PREPARAR PARA ENFRENTAR TRANSTORNOS CAUSADOS PELAS CHUVAS

O Ano Legislativo já começou, e a Câmara Municipal de Ceará-Mirim vem acompanhando de perto os problemas decorrentes do grande volume de chuvas que tem atingido o município desde o início deste ano de 2018.

Durante a sessão ordinária realizada na tarde desta terça-feira 20/02, o tom dos discursos entre os parlamentares foi praticamente os problemas de alagamento pelas fortes chuvas caídas sobre o município, principalmente nos bairros Planalto, Paraíba, Novo Horizonte, onde tem deixado famílias apreensivas e até desalojadas, pela falta de planejamento e estudo de impacto dos locais onde foram erguidos os referidos bairros.

Atenta aos problemas, a vereadora Ângela Aquino-PTC, alerta que os governantes precisam se preparar para enfrentar esse tipo de problema.

Segundo ela, foram gestões e mais gestões em Ceará-Mirim e nunca nenhuma delas realizaram um trabalho de escoamento das águas, e por essa razão todos os anos acontecem os mesmos problemas no período chuvoso.

A vereadora destaca, que o prefeito Marconi Barreto-PHS, foi bem claro durante a leitura anual do Poder Executivo ao dizer que aumentou os percentuais para arrecadação tanto do ICMS quanto do IPTU para o exercício financeiro de 2018.

“Com os recursos que o governo já vem acumulando, por que não fazer um planejamento para se resolver de forma definitiva essa situação? Uma situação vergonhosa, já que todas as gestões que passam só fazem paliativos”, frisa a vereadora.

A parlamentar pontua, que pela arrecadação que o município tem, o gestor tem sim, condições de resolver o problema dos bairros supra-citados, bem como, a situação da estrada que dá acesso ao complexo “Minha Casa, Minha Vida” que é outra situação vergonhosa em épocas de chuvas.

“Mas precisa também se ter força de vontade para se resolver. Até porque, prefeito nenhum fica sem saber o que acontece em sua cidade. Só se ele não tiver interesse nenhum de saber a realidade”, destaca a vereadora.

Por fim, quero deixar bem claro, que para se resolver essa situação no município é preciso ter força de vontade em querer fazer, porque, prefeito sabe, governador sabe tudo o que acontece, mesmo que ele não more no município mas passa o dia. Então, dizer que não sabe não é desculpa para nenhum governante. E como já falei, é falta de gestão e força de vontade”, finaliza a vereadora Ângela Aquino.

Jorge Moreira
Câmara Municipal de Ceará-Mirim
Assessoria de Comunicação Social

Nenhum comentário: