segunda-feira, 19 de março de 2018

A semana começa com Carlos Eduardo, Fábio e Fátima definidos candidatos a governador do RN e já em pré-campanha

A semana começa com as pedras do xadrez político do Estado sendo colocadas nos lugares certos. Na disputa pelo governo do estado despontam os candidatos. Carlos Eduardo já decidido a deixar a Prefeitura Municipal de Natal.

Comenta-se que foi positiva avaliação feita com o seu grupo político, no final de semana.
Uma minuciosa pesquisa qualitativa aplicada em todo o RN teria estimulado o prefeito de Natal deixar a prefeitura. O resultado final foi que o seu índice de rejeição praticamente não existe e tem o perfil de um bom administrador.

Quanto aos seus companheiros de disputa majoritária – Garibaldi e José Agripino, candidatos ao senado – não existiria o desgaste apregoado, em relação à dupla. A opinião seria que ambos são reconhecidos como experientes.

A rejeição à José Agripino e Garibaldi não seria indicativo de fracasso eleitoral, sendo considerada perfeitamente superável. Dessa forma, Carlos Eduardo estimulou-se a continuar as articulações e ir à luta.

Fátima Bezerra e Fábio Dantas, igualmente candidatos lançados e em pré-campanha.
A senadora petista busca o seu vice, que segundo ela deverá ter um perfil empresarial, a exemplo do que fez Lula, quando escolheu José de Alencar em 2002. O nome da vez é o empresário Haroldo Azevedo.
O segundo nome para o senado está ainda em suspenso nos domínios da candidata Fátima Bezerra. O primeiro candidato na chapa senatorial de Fátima é a deputada Zenaide Maia.

Fábio Dantas irradia otimismo.
Considera que a sua filiação ao PSB atingiu os objetivos desejados, ou seja, lançamento e consolidação do seu nome na corrida sucessória do RN. Assimilou certas ausências ao ato de filiação, considerando que em momento delicado de definições é normal esse comportamento. Na composição da chapa majoritária de Fábio, tudo ainda está em aberto.

Após 7 de abril, prazo de filiações e desincompatibilizações, o cenário estará mais claro e a campanha se iniciará.

Nenhum comentário: