sexta-feira, 27 de abril de 2018

Prefeitura de Ceará-Mirim inicia Campanha de Vacinação Contra Influenza

Secretaria de Saúde do Município de Ceará-Mirim/RN, deu início esta semana a Campanha de Vacinação contra a INFLUENZA, em todas as Unidade Básica de Saúde, onde a vacina encontra-se disponível.
De acordo com o setor de vigilância epidemiológica, a mobilização deve acontecer no período de 23 de abril a 01 de junho, na sede e nas comunidades rurais, sendo intensificada no “DIA D” que ocorre em todo o país no próximo dia 12 de maio.   A mobilização do Dia D, acontecerá nas Unidades Básicas de Saúde da cidade e das comunidades de Massaranduba e praia de Muriú.  
Atenção para os grupos considerados prioritários:

·   Crianças de 6 meses a menores de 5 anos;
·   Gestantes;
·   Puérperas (até 45 dias após o parto);
·   Trabalhadores de saúde;
·   Povos indígenas;
·   Indivíduos com 60 anos ou mais de idade;
·   População privada de liberdade;
·   Funcionários do sistema prisional;
·   Professores da rede pública e privada;
·   Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis;
·   Pessoas portadoras de condições especiais

 A influenza ou gripe é uma infecção aguda do sistema respiratório, ocasionada pelo vírus influenza, com elevado potencial de transmissão. Inicia-se com febre, dor muscular, e tosse seca.  Em geral, tem evolução por período limitado, de um a quatro dias, mas pode se apresentar na forma grave.  A doença propaga-se facilmente e é responsável por elevadas taxas de hospitalização. Idosos, crianças, gestantes e pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, ou imunodeficiência são mais vulneráveis aos vírus. Um indivíduo pode contrair a gripe várias vezes ao longo da vida.
Sintomas
Clinicamente, a doença inicia-se com febre, em geral acima de 38°C, seguida de dor muscular e de garganta, prostração, cefaleia e tosse seca.  A febre é o sintoma mais importante e dura em torno de 3 dias. Os sintomas sistêmicos são muito intensos nos primeiros dias da doença. Com a sua progressão, os sintomas respiratórios tornam-se mais evidentes e mantêm-se em geral por 3 a 4 dias, após o desaparecimento da febre.

Nenhum comentário: