sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Projeto do vereador Carlos Ramalho declara procissão da sexta-feira Santa patrimônio imaterial do município


CEARÁ-MIRIM
CULTURA RELIGIOSA
CÂMARA APROVA PROJETO DO VEREADOR CARLOS RAMALHO QUE DECLARA A PROCISSÃO RELIGIOSA DA SEXTA-FEIRA SANTA, PATRIMÔNIO PÚBLICO IMATERIAL CULTURAL DO MUNICÍPIO

A Câmara Municipal de Ceará-Mirim aprovou Projeto de Lei nº 37/2018, de autoria do vereador Carlos Ramalho-PSD, que declara como Patrimônio Público Imaterial Cultural do Município a Procissão Religiosa da Sexta-feira Santa.

De acordo com o Projeto, o evento religioso deverá ser incluído no calendário oficial de eventos culturais do município, objetivando reconhecer a importância da atividade religiosa e cultural da Igreja Católica, como forma de expressão do patrimônio histórico-cultural-religioso do município de Ceará-Mirim.

No artigo 3º, a Lei propõe que a Guarda Municipal, para o bom andamento do evento religioso, deverá interditar as ruas que forem necessárias à realização do percurso da procissão, garantindo ainda a segurança dos fiéis e visitantes que vêm do interior do município e de outras cidades para prestigiar o evento.

A Constituição Federal prevê que os bens culturais de natureza imaterial dizem respeito àquelas práticas e domínios da vida social que se manifestam em saberes, ofícios e modos de fazer, celebrações, formas de expressão cênicas, plásticas, musicais ou lúdicas, e nos lugares tais como mercados, feiras, e santuários que abrigam práticas culturais coletivas.

“Esse é um gesto de homenagem e gratidão, porque, não somente a procissão da Sexta-feira Santa, mas também a Semana Santa de Ceará-Mirim é um dos grandes atos religiosos que a igreja católica local oferece a todos os fiéis, sendo um momento de fé, união e amor ao Cristo ressuscitado”, destaca o vereador Carlos Ramalho.

A Lei prevê ainda que o Poder Executivo poderá subvencionar o evento toda vez que for solicitado pela coordenação, que ficará a cargo de uma equipe escolhida pela Igreja Católica.

O Projeto agora, aguarda sanção do Poder Executivo Municipal.

Jorge Moreira
Câmara Municipal de Ceará-Mirim
Assessoria de Comunicação Social

Nenhum comentário: