terça-feira, 4 de setembro de 2018

Juiza proíbe Gleisy Hoffmann de visitar Lula

A presidente nacional do PT, senadora Gleisy Hoffmann e o tesoureiro do partido, Emídio de Souza, foram proibidos de entrar, nesta terça-feira, 4, na sala onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba.

Gleisy e Emídio foram nomeados para integrar a defesa de Lula, mas na semana passada a juíza da 12ª Vara Criminal de Curitiba, Carolina Lebbos, proibiu a senadora de atuar como advogada do ex-presidente atendendo pedido do Ministério Público Federal.

Nenhum comentário: