terça-feira, 30 de outubro de 2018

Fátima Bezerra não descarta corte de secretarias: “Vamos fazer economia de guerra”

A governadora eleita Fátima Bezerra (PT) não descartou a possibilidade de reduzir o número de secretarias. A petista disse que, para tomar esta decisão, vai esperar pelo diagnóstico atualizado que será produzido por sua equipe de transição. A partir da realidade que for apresentada, definirá as primeiras atitudes voltadas para o corte de gastos.

“Vamos fazer uma economia de guerra, para fazer o que para nós é sagrado, que é devolver a dignidade dos servidores públicos do Estado, que ele tenha a certeza que receberá o seu pagamento no final do mês”, disse Fátima Bezerra em entrevista concedida ao programa RN Acontece, da Band Natal.

A futura governadora enfatizou que vai trabalhar para recolocar as contas públicas do Estado em ordem. “Não podemos deixar que esse déficit continue”. Segundo Fátima, é preciso buscar “a expansão das receitas e, ao mesmo tempo, conter as despesas”. “Todo o nosso esforço será para fazer a receita crescer sem aumento de impostos. A recuperação da dívida ativa. O alongamento da dívida que o RN tem junto à Caixa, para que os juros e amortizações que pagamos todo ano possa diminuir. A repactuação com os demais poderes. Não podemos tratar apenas da sobra de caixa”, disse.

Nenhum comentário: